A história do bairro mais japonês do Brasil: a Liberdade e seus festivais

O bairro mais japonês do Brasil, com certeza, é o da Liberdade. Ele  está localizado em São Paulo – SP. Por lá, além de inúmeras lojas, aida é possível acompanhar eventos culturais que acontecem em datas específicas e celebram a cultura japonesa.

Assim, traremos aqui para você um pouco dessa história e como o bairro foi fundamental para os japoneses que chegaram no Brasil.

E como hoje em dia é um bairro muito importante para recepcionar orientais que migram para cá.

O bairro mais japonês do Brasil

O bairro da Liberdade, antes de se tornar um bairro habitado pelos japoneses, era conhecido como Largo da Forca. O seu nome, para Liberdade, foi modificado após a declaração da abolição da escravidão.

Antigamente, por ali, muitos escravos foram executados em praça pública por terem tentado fugir ou combatido de alguma maneira a situação horrível a que eram subjulgados.

Quando os japoneses imigraram para o Brasil, o bairro acabou recebendo muitas lojas de produtos japoneses. Por exemplo, se uma pessoa dominava a arte de fazer tofu, comercializava por ali. Além disso, nas regiões ao redor do bairro, também já haviam muitos outros imigrantes, como no bairro do Bixiga em que havia uma grande concentração de italianos.

Para conhecer mais sobre a história do bairro, é possível ainda visitar o Museu da Imigração Japonesa que está pela região, além de ir ao acervo da biblioteca da Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social).

Essa instituição foi muito importante por ter salvo a a vida de inúmeros imigrantes castigados nas fazendas no interior de São Paulo. Muitos iam para lá e estavam quase mortos de fome. Essa associação de assitência social, ainta tinha funcionários que se comunicavam em japon}es oficial como em alguns outros dialetos.

Eventos culturais no bairro mais japonês do Brasil

Uma das grandes atrações do bairro da Liberdade são os eventos que acontecem por ali.

Existem uma série de festas anuais. Assim, você pode se programar para ir a algumas delas e conhecer um pouco mais sobre a cultura japonesa.

Um desses eventos é o Hanamatsuri (festival das flores). Ele acontece no sábado que antecede a primeira lua cheia de abril.

Na ocasião, é colocado um Buda onde os visitantes podem fazer pedidos e banhar a estátua com chá. Esse Buda também possui uma série de flores, que remetem ao jardim Lumbini, que seria o local de seu nascimento.

Outro festival que movimenta bastante o bairro da Liberdade é o Tanabata Matsuri (Festival das estrelas).

Este é um dos eventos mais importantes da cidade de São Paulo e do Brasil no que diz respeito a uma celebração ao folclore japonês. O festival acontece em julho e costuma a ir até o mês de agosto. Assim, é possível ir a um final de semana com as crianças que estão em férias escolares.

Quem estiver por ali pode ver o bairro todo enfeitado.

Para saber mais sobre a história do festival, clique aqui.

Outro festival importante do bairro é o Moti Tsuki.

Esse evento é para celebrar a virada do ano e acontece entre o dia 31 de dezembro e o 1º de janeiro. Ali, faz-se moti (uma massa de arroz branca) para desejar uma ótima passagem de ano para todos.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link