Butler: tratadas como princesas por homens bonitos

Um tipo de café butler vem fazendo sucesso e mostra que algumas japonesas estão cansadas dos padrões exigidos pela sociedade. Locais que homens de boa aparência servem a clientela feminina com tratamento de princesa.

Butler

Homens do The Butlers

Uma casa de Shibuya foi a primeira do ramo a oferecer esse serviço. Ao tocar um sino, um homem ocidental vestido com roupas formais atende mesas e faz pedidos tratando suas clientes de forma especial.

Princesas

Mulher sendo carregada no colo

Essas japonesas buscam atenção e afetuosidade. Segundo uma reportagem do BBC sobre o tema, a sociedade japonesa ainda espera que as mulheres cuidem das finanças, dos filhos, das tarefas domésticas, do trabalho, carreira e do bem-estar do marido e da família.

Cansadas dessas expectativas, esses cafés fazem sucesso com japonesas que não aguentam essa pressão e querem ser tratadas como princesas.

Sobre o fato de contratar apenas ocidentais, a dona do The Butlers em Shibuya, Yuki Hirohata, explica que esses homens tem comportamentos diferentes dos japoneses. Algumas vezes, ser afetusoso é difícil para os homens japoneses.

Eles não costumam demonstrar carinho com palavras ou gestos diretos. Uma cliente afirmou que esses os ocidentais a faziam sentir especial.

Eles são charmosos, gentis e a tratam com doçura. No café servem bolo e fazem companhia quando requisitados.

As únicas regras da casa são não trocar informações de contato pessoal e não tocar nos clientes.

A única exceção é na hora de tirar a foto Lift Me Up quando a mulher é carregada no colo para deixar registrado e levar de recordação por 1.000 ienes.

Outros serviços incluem o Cinderella Time por 2.000 ienes. Eles servem champagne, doces, velas na mesa, tiara e um sino prateado em uma bandeja. Por 4.000 ienes um serviço de prática de inglês é oferecido com ajuda de cartões.

Hirahata fez uma pesquisa entre as japonesas para saber o que elas pensavam sobre homens estrangeiros antes de abrir seu negócio.

Vantagens

Elas disseram que os ocidentais têm a habilidade de tratar bem e fazer elogios. No entanto, por serem mais abertos demonstram uma casualidade que assusta algumas japonesas.

Por isso, decidiu criar um ambiente romântico e confortável. Então, as interações ocorrem de forma natural e para isso ensina a cultura japonesa, como agir e entreter.

Leia também

Ela conta que a inspiração para abrir seu café foi iniciada por uma vontade pessoal. Ela trabalhava demais e alguns dias queria um local em que fosse tratada como uma princesa.

Homens de casa butler

Já outras casas butlers contratam homens japoneses a exemplo da Swallowtail em Ikebukuro.

Com ambiente elegante e sofisticado, mulheres tem seus pedidos atendidos por funcionários de boa aparência, atenciosos por demasia e vestidos com roupa formal. Eles chamam de princesa e fazem de tudo para agradar.

No Japão tem vários cafés butlers para conferir mostrando que essa tendência veio para ficar.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link