Confira 3 pontos históricos da cidade de Aizuwakamatsu em Fukushima

Localizada na região central da província de Fukushima, Aizuwakamatsu é uma cidade de aproximadamente 315 km² e cerca de 120 mil habitantes.

Aizuwakamatsu

De acordo com a história do Japão, a pequena cidade conhecida por sua tradição militar, samurais de elite e pelo famoso castelo Tsuruga se estabeleceu em meados do século IV.

Além de seu premiado saquê, Aizuwakamatsu tem toda a infraestrutura necessária para receber bem seus turistas com onsen, trilhas, esportes aquáticos, restaurantes e ryokans.

No entanto, a encantadora cidade japonesa já foi palco de confrontos violentos, a última aconteceu em 1868 na Batalha de Aizu durante a Guerra Boshin.

Apesar da história beligerante Aizuwakamatsu, há também muita beleza e espiritualidade em seus domínios. Conheça três pontos históricos que são símbolo de Aizu.

1. Castelo Tsugura

Castelo tsuruga
Castelo tsuruga

Construído em meados de 1384 por Ashina Namori, o castelo de Aizu foi o centro de poder do clã Ashina até o período Sengoku Jidai.

Durante o período dos Estados Combatentes, o famoso samurai – que inspirou o personagem Darth Vader – Date Masamune sitiou o castelo durante anos.

Finalmente, o controverso daimyo conseguiu invadir o castelo em 1589 colocando fim ao reinado do clã Ashina e estabelecendo-se como um dos mais poderosos senhores feudais de seu tempo.

Mais tarde como resultado da Batalha de Aizu na Guerra Boshin, os danos no castelo foram tão severos que a construção foi demolida em 1874.

A reconstrução do Castelo Tsugura (o único do Japão com as cores branca e vermelha) só aconteceu em 1965. Uma visita ao histórico castelo tem o custo de aproximadamente 400 ienes.

Em suas dependências há jardins com sakuras muito bonitos na primavera. Por mais alguns ienes os visitantes podem tomar chá onde os antigos daimyos apreciavam a tradicional bebida japonesa.

2. Aizu Nisshinkan

A tradição militar de Aizuwakamatsu se mostra muito forte na Escola Nisshinkan do clã Aizu, uma imponente instituição nascida durante o período Edo.

Dessa orgulhosa instituição saíam os samurais de elite do Japão e a Escola Nisshinkan impressiona por sua complexidade.

Desde sua formação, a escola atendia a garotos a partir dos 10 anos de famílias de samurais. Eles aprendiam boas maneiras, cerimônia do chá, escrita, literatura, astronomia e história.

Interior da escola de samurais

Confúcio recebeu um santuário na instituição em homenagem a influência de seus pensamentos na classe guerreira do Japão.

Os treinamentos militares iam desde natação com armadura a lutas corporais, artes marciais, tiro de arco, mosquetes e até mesmo canhões.

Por apenas 620 ienes os visitantes podem visitar e explorar o lugar onde os melhores bushi do Japão eram forjados.

Leia também

Confira a beleza exuberante do templo budista Enryaku-ji no Japão 

Edo Wonderland: o parque temático do shogunato no Japão 

As belezas do santuário Nezu-jinja na capital japonesa

3. Aizu Sazaedo

área externa pagoda

Com 16,5 metros de altura, a rústica pagoda Aizu Sazaedo é uma das belezas mais impressionantes da cidade. Construída em 1796, a propriedade cultural possui uma arquitetura única com suas escadarias em dupla-hélice, uma visão artística atribuída a Leonardo da Vinci.

Interior escadaria da pagoda

As escadas se encontram apenas no último andar da pagoda. Durante a peregrinação o visitante passa por 33 estátuas da kami Kannon e por diversos talismãs. Um dos locais mais interessantes para visitar e emergir na espiritualidade japonesa. Não deixe de visitar.

aizuwakamatsu
Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link