Doações da sorte no Japão: quais são as moedas auspiciosas?

No Japão, a superstição faz parte do cotidiano da sociedade. Por isso, templos budistas e santuários shinto são lugares famosos por atraírem multidões de esperançosos.

Doações da sorte

colocando uma moeda no saisen

Nos dias de hoje todas as religiões dependem de doações de fiéis ou de turistas que visitam os templos e santuários. Portanto, com o budismo e o shinto não poderia ser diferente.

Existem custos para manter a manutenção desses espaços sagrados, ás vezes, são mais altos do que se imaginaria dado a importância de um sítio como o Meiji-jingu, por exemplo.

Além disso, ao visitar um local sagrado para realizar um pedido aos kamis, os turistas que fizerem uma doação estarão ajudando a manter a história e tradição cultural do Japão. Portanto, confira quais são os valores mais auspiciosos:

5 ienes: soa “goen”, significa boa fortuna;
25 ienes: soa parecido com “niju goen”, boa fortuna dobrada;
45 ienes: soa parecido com “shiju goen”, boa fortuna constante;

Antes de doar é importante ter em mente o desejo (amor, sucesso, prosperidade). No entanto, a comunidade espiritual do Japão lembra que o dinheiro é o que menos importa.

Leia também

Rokuyo – a superstição japonesa que diz quais são os dias de sorte no Japão 

Onmyōji: os místicos e poderosos sacerdotes do Japão antigo 

Yakudoshi: as idades de má sorte e das calamidades

No primeiro e mais importante santuário do Japão, o Izumo Taisha, os monges shinto advertem que a quantidade de dinheiro doada é irrelevante.

Mais importante do que o dinheiro é fundamental manter o desejo vivo por meio de ações concretas no dia a dia para atingir uma meta.

Além disso, para que um pedido seja abençoado pelos kami e pelas divindades é preciso ter um desejo genuíno e uma conduta que esteja de acordo com os anseios do coração.

Doações no Japão a templos e santuários
Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link