Kissaten: paixão pelo café em casa especializada e retrô

Kissaten representa a cultura do café que chegou ao Japão no período Edo (1603-1868) com casas especializadas desde o Meiji (1868-1912) que eram meio restaurantes.

Apesar do chá verde ser a bebida quente preferida, também existe espaço para quem aprecia uma boa xícara de café no Japão.

Kissaten

Café sendo coado

O que torna esses locais tão especiais é que o café escolhido pela casa reflete a personalidade e preferências de seu dono. Portanto, em cada kissaten existe um sabor diferente para provar.

O ambiente costuma ser ideal para relaxar, ouvir música, apreciar a bebida e confraternizar. Estima-se que primeiro tenha surgido no período Showa (1926-1989). Servia café e doces, sem vender álcool e com pequenas refeições. Em 1936, existiam 10.000 estabelecimentos desse tipo.

Elas se espalharam pelo Japão e algumas continuam a funcionar como negócio de família passado de geração para geração.

servindo café preto na xícara

Muitas mantém as mesmas decorações e atmosfera dos períodos antigos. É como mergulhar no velho Japão enquanto aprecia um bom café coado.

Interior de Kissaten familiar

Kissaten é diferente dos cafés que existem hoje e abriram em sua maioria na década de 90. Este último serve um cardápio mais amplo e muitas vezes temático.

Os jovens são atraídos para cafés locais ou de redes grandes e os mais velhos para kissaten por ser nostálgico e mais sofisticado.

É comum encontrar pequenas bibliotecas com mangás e revistas ou podem ser especializados em arte, música, cultura e ter material sobre o assunto para quem quiser ler. Essa escolha é feita pelo dono e reflete sua personalidade.

Leia também

As comidas limitam-se a porções ou refeições teishoku com arroz, sopa missoshiru, peixe e acompanhamento, além de outros pratos típicos, como sanduíches, yakisobas, tamagoyaki, curry, entre outros.

Café com sanduíche

É um ótimo local para ter um almoço tranquilo e alguns se especializam em preparações específicas, como o pequeno Ladrio em uma viela em Tokyo Jombocho que serve apenas curry. Vive cheio e é um dos mais tradicionais.

Infelizmente, muitos kissaten estão fechando já que sua clientela assídua está ficando mais velha e os jovens se interessam mais pelas redes grandes como Starbucks.

Interior retrô

No entanto, enquanto existem boas casas abertas e que resistem, quem gosta de café não deve deixar de visitar esses locais tradicionais no Japão.

Comentários

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link