Ferreiro artesão japonês recria espada do famoso anime Samurai X

Rorouni Kenshin ou Samurai X é um dos animes mais famosos da década de 90 mundo afora. O mangá/anime acompanha a comovente história de Himura Kenshin, um bushi em redenção.

Kenshin utiliza uma espada de gume reverso chamada sakabato, ou seja, o fio da arma é voltado para o portador da espada e não para seu oponente.

Recentemente, um dos maiores ferreiros do Japão, Kanekuni Ogawa (que recebeu o título oficial de importante propriedade cultural tangível) produziu uma legítima sakabato batizada de Sakabato Shinuchi.

Kanekuni Ogawa

Surpreendentemente, Ogawa nunca teve nenhum contato com o mangá e nunca tinha ouvido falar sobre o personagem Himura Kenshin. Mesmo assim sua obra será exibida na comemoração de 25 anos do mangá.

Samurai X

A história do personagem Himura Kenshin é dividida em duas fases. Inicialmente, o bushi era conhecido como Kenshin Battousai, o Retalhador.

Durante esse período foi um dos melhores (se não o melhor) assassino do Japão. Porém, sua habilidade era acompanhada de uma brutalidade e desumanização fora do comum.

Após uma série de eventos catastróficos em sua vida, Kenshin renuncia a violência e passa a utilizar uma espada com a lâmina invertida jurando nunca mais tirar a vida de ninguém.

Sua espada, a sakabato era uma arma exótica e fazia seus oponentes duvidarem de sua capacidade. No entanto, esse tipo de arma nunca existiu no Japão.

Realidade

Durante o século 19, os ferreiros que desenvolviam espadas aos bushi não tinham o luxo de criar algo tão exótico, afinal, seus clientes exigiam as melhores e mais mortais lâminas.

Além disso, nenhum samurai optaria por uma lâmina cega virada para seu oponente e afiada para si.

Vale ressaltar que o porte de armas era proibido para quem não pertencesse as classes guerreiras do shogunato e após a restauração Meiji, as espadas foram substituídas pelas armas de fogo.

Leia também

Sakabato Shinuchi

Por obra do destino, Kanekuni Ogawa criou uma espada semelhante ao do anime criado por Nobuhiro Watsuki sem nunca ter visto sua obra ou o projeto da espada.

Outra curiosidade é que Kanekuni não assinou a Sakaboto Shinuchi. Em vez disso optou por gravar o poema de morte de Arai Shakku na nakago (extensão da lâmina onde é colocada o cabo da arma).

Gravação na lâmina da espada

Ogawa é natural de Seki, província de Gifu, uma cidade com tradição secular em mestres ferreiros que criavam as melhores espadas do país.

Detalhes da lâmina

A Sakabato Shinuchi acabou participando de uma competição de espadas e foi exposta no museu Meijimura, província de Aichi.

Agora, para comemorar os 25 anos do mangá, a obra prima de Ogawa será exibida de 24 de abril a 7 de junho na Galeira AaMo no Tokyo Dome City.

Endereço: Tokyo-to, Bunkyo-ku, Koraku 1-3-61

Espada do Samurai X
Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link