Japão estende regras de restrição de viagem a Coreia do Sul

Devido ao surto de coronavírus, o primeiro-ministro Shinzo Abe fez declarações a imprensa quanto a regras de restrição de viagem ao Japão.

O governo está pedindo aos viajantes vindo da China e agora Coreia do Sul que fiquem em quarentena por 14 dias e não usem o transporte público do país.

Viajantes da Coreia do Sul

A nova restrição de viagem entrará em prática do dia 9 de março até o dia 31. A nova regra temporária se aplicará apenas a quem chegar desses dois países e incluirá os japoneses viajantes.

Além disso, o plano será fazer uma revisão de cerca de 3 milhões de visas concedidos a cidadãos da China e Coreia do Sul a partir do dia 7 de março. A previsão é que os visas sejam invalidados com excessão de quem já esteja no Japão.

Para evitar que a doença se espalhe, medidas serão tomadas para que Shinzo Abe possa declarar estado de emergência no Japão.

Assim as autoridades poderão controlar funcionamento de estabelecimentos comerciais, fechar escolas e manter as pessoas em casa.

Assim que a nova medida temporária foi anunciada, uma preocupação surgiu já que poderia criar tensão entre os países, já que a restrição estava valendo apenas para viajantes da China até o momento.

Segundo o Chefe de Cabinete Yoshihide Suga, o Japão quer se certificar que a Coreia do Sul compreenda que as novas medidas foram tomadas apenas para que o vírus não se espalhe mais.

Leia também

*Título corrigido*

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link