A vida rural no Japão: por que os japoneses estão saindo das cidades?

A vida rural no Japão sempre esteve em contraste com as movimentadas cidades, assim como em boa parte do mundo.

Entretanto, nos últimos anos, os japoneses que moram nas cidades estão cada vez mais interessados em como podem levar uma vida mais ligada à natureza.

Diante disso, muitos deles estão de mudança para o campo ou procuram passar os finais de semana longe das cidades.

Veja neste artigo algumas dessas iniciativas e a preocupação dos japoneses com o meio ambiente.

A vida rural no Japão

Assim como em muitos lugares do planeta, é nas cidades que a economia gira com maior intensidade. Entretanto, as cidades trazem inúmeros malefícios que todos já tem conhecimento.

Mesmo o Japão tendo as ruas extremamente limpas e tendo a preocupação em não poluir ainda mais o ambiente, ainda é muito diferente do que estar em contato com a natureza.

Além disso, nas cidades é comum as pessoas já terem todos os produtos à mão e irem apenas a um mercado para comprar tudo.

Quando se está no campo, a vida muda e é possível fazer o cultivo do que se deseja e acompanhar todo o seu processo de crescimento.

A vida rural no Japão pode proporcionar também um momento relaxante em que a pessoa irá desestressar de toda a correria do dia a dia. É por conta disso que muitos japoneses tem ido ao campo também.

Se as cidades japonesas e os japoneses são conhecidos por serem frenéticos, no campo é diferente. A vida ali, além do contato com a natureza, também possui mais calma e um outro tipo de sabedoria que a cultura japonesa sempre apreciou.

A saída da cidade para uma vida rural no Japão

Esse não é um movimento recente, mas já tem alguns anos que os japoneses preferem misturar a vida da cidade com a vida no campo.

Para caracterizar esse movimento, há conceitos na economia que os descrevem.

Assim, o conceito de U-Turn refere-se às pessoas que se mudaram para o campo, e agora estão voltando para a cidade. O I-Turn descreve os japoneses que eram das cidades e se mudaram para o campo e o J-Turn é o movimento de sair do campo, se mudar para a cidade e depois voltar para a cidade natal.

Além disso, isso não está acontecendo com pessoas que são mais velhas. Mas os jovens também cogitam sair das cidades para ter uma vida em locais menos populosos e mais próximo à natureza.


Leia também:


Iniciativas para uma vida no campo

Mundos exemplos de iniciativas para aumentar o contato da cidade com o campo é a escola on-line The Campus, voltada para a agricultura é que faz excursões com os seus alunos para eles podem em prática o que aprenderam.

Outra escola semelhante é a compact Agri-Life que também faz o mesmo tipo de educação com os seus alunos.

Dessa maneira, quando as pessoas resolvem mudar -se para o campo, já possuem um bom conhecimento e podem se adaptar com mais rapidez.

A vida estressante das cidades no Japão parece estar encontrando um remédio e voltando-se para a natureza.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link