Wakou: os terríveis piratas japoneses

Sim, existiram piratas japoneses que atacaram as costas da China e da Coreia em busca de objetos valiosos.

Durante o período que pode ser conhecido como o feudalismo japonês, esses piratas aterrorizaram parte da Ásia com roubos e contrabandos.

Eles ficaram conhecidos como Wakou, ou seja, os bandidos do país Wa, sendo que Wa é considerado como Japão.

Aprenda um pouco mais sobre eles neste artigo e sobre a história do Japão feudal.

Quem eram os piratas japoneses?

Esses piratas japoneses eram ronin, ou seja, samurais que trabalhavam para senhores feudais, mas que por algum motivo se tornaram andarilhos.

Assim, eles tinham a sabedoria de como lutar e por isso conseguiam ter sucesso em muitas de suas investidas.

Portanto, devido ao seu conhecimento, causaram muitos problemas para a China e para a Coreia. O que fazia com que até mesmo o governo chinês tomasse medidas de tentar encontrar os campos onde esses piratas em território japonês.

Assim, em alguns registros coreanos, acredita-se que os piratas japoneses se fortaleceram por volta do século XIV, quando começaram a fazer invasões corriqueiras na costa da China e da Coreia.

Em registro de 1405, Ashikaga Yoshimitsu capturou algum desses piratas e os enviou para a China, eles foram literalmente cozidos em grandes caldeirões.


Leia também:


Os piratas japoneses e suas ações

Não eram somente saques que esses piratas realizavam, mas também faziam contrabandos.

Por exemplo, uma das tentativas de fortalecimento da Dinastia Ming na China tentou vetar o comércio com o exterior. Pois acreditava-se que o comércio irrestrito poderia enfraquecer o país.

Entretanto, isso foi uma ótima oportunidade para o wakou. Sendo assim, eles conseguiam realizar seus contrabando a altos valores já que o comércio legal estava proibido, principalmente na costa oeste.

Assim, foi por conta também desse fortalecimento em território chinês que os piratas japoneses também começaram a se misturar.

Já no final do século XVI, os wakou não eram somente japoneses, mas também havia chineses que faziam parte de suas ações.

Muito do sucesso desses piratas nesse momento também se deveu à corrupção da Dinastia Ming. Muitas das autoridades chinesas tinham relação estreita com os piratas e deixavam que suas atividades acontecessem para ter algum tipo de benefício, fosse conseguindo algum produto ou até mesmo subornando os wakou.

Outra localidade que os piratas também alcançaram em um segundo momento foi a Filipinas. E, devido às perseguições que sofriam nos outros países, se estabeleceram por lá.

Ao norte de Luzon, na cidade de Parri, estabeleceu-se uma praticamente uma cidade só de piratas. Entretanto, os piratas foram derrotados pelo espanhóis quando o local foi invadido.

Acredita-se que o então líder era Tay Fusa. A luta ficou conhecida como a Batalha de 1852 de Cagayan. Os espanhóis eram liderados pelo Capitão Juan Pablo de Carrión.

Esse foi somente um dos confrontos que se seguiriam entre samurais e europeus, mas que praticamente marcou o fim dos wakou.

Comentários

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link