Zico: um dos melhores ex-jogadores brasileiros e rei do futebol no Japão

Você sabia que o Zico, ex-jogador de futebol, brasileiro, com carreira no Flamengo, Europa e Ásia é um dos maiores ídolos do esporte no Japão?

Devido ao seu estilo de jogo e, também, ao seu carisma, o jogador ganhou até mesmo uma estátua em sua homenagem no clube japonês Kashima Antlers, onde fez sua carreira.

Assim, se você quer saber mais como esse jogador carioca ganhou o respeito de carinho dos japoneses, saiba mais de sua trajetória pelo país a seguir.

Zico no Kashima Antlers

Apesar de ter iniciado jogando no Flamengo, clube de futebol carioca, foi no Japão que o Zico encontrou sua maior glória, especificamente no Sumitomo Metal, hoje nomeado de Kashima Antlers.

Assim, vale a pena lembrar que o jogador, além de jogar no Flamengo, também fez carreira na Europa e esteve na seleção brasileira em vários momentos. Tendo passagem tanto pela seleção olímpica, como também pela principal. Muitos chegaram a dizer que ele era um novo Pelé.

Apesar de ter ido para o  Japão já em vias de se aposentar, Zico desempenhou um ótimo futebol e é tido como um dos principais responsáveis pela popularização do esporte no país. Muitos japoneses são eternamente gratos a ele.

Sua importância para o time Kashima Antlers é tão grande, que até hoje a torcida o reverencia. Nos jogos, sempre há uma bandeira com a sua imagem.

Assim, Zico também participou dos primeiros jogos da J-League, a liga de futebol japonesa. Porém, apesar de seu excelente futebol não conseguiu levar seu time à vitória, conquistando um segundo e terceiro lugar nos anos de 1993 e 1994. Foi neste ano que o jogador também se aposentou.

Mas, apesar de sua aposentadoria, sua relação com o time ainda continuou, bem como o respeito de todo o Japão. Como dito anteriormente, ele tem até mesmo uma estátua no país.


Leia também:


A relação de Zico om o futebol japonês depois da aposentadoria

Uma das maiores consagrações e demonstrações de respeito que Zico recebeu do povo japonês foi ser nomeado como técnico da seleção principal. Ele treinou o time no ano de 2002.

Sob o seu comando, a seleção japonesa conquistou a Copa da Ásia de 2004. Entretanto, a mesma performance não se repetiu posteriormente e o time acabou desclassificado da Copa das Confederações e caiu na primeira fase da Copa do Mundo de 2006.

Posteriormente, Zico seguiu como treinador de várias equipes pelo mundo, principalmente na Ásia e na Europa. Mas, em 2018, reencontrou-se novamente com o  Kashima Antlers, e tornou-se não o treinador, mas o diretor técnico da equipe.

Assim, Zico ainda é um nome brasileiro que deixa muitos japoneses felizes. Seu modo de jogar e dua dedicação para dirigir tanto a seleção como o Kashima Antlers fazem com que seja respeitado por qualquer um.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link