Santuário Togakushi, construído onde caiu uma pedra jogada por um Deus

O Santuário Togakushi, atualmente, é um santuário xintoísta que está localizado em Nagano. Ele também está na base do Monte Togakushi e ao todo é composto por 5 santuários.

A espaço também é rodeada por mais de 300 árvores, algumas delas possuem mais de 900 anos de idade.

Conheça aqui um pouco mais sobre a história deste santuário e também a sua lenda.

A lenda do Santuário Togakushi

Segundo conta a lenda o Santuário Togakushi é divino desde a sua fundação. Acredita-se que a deusa do Sol, Amaterasu, que também é uma deusa do universo.

Certa vez, ela se escondeu em uma caverna e a fechou com uma enorme pedra. Isso aconteceu pois estava insatisfeita com brincadeira de seu irmão que levou a morte uma de suas tecelãs que faziam um quimono da cor do tempo.

Ao ficar escondida, o mundo começou a congelar e os campos começaram a desaparecer.

Assim, os outros deuses se organizaram para que conseguissem retirar Amaterasu de seu esconderijo. Começaram a fazer uma dança do lado de fora da caverna e riam muito. Dessa maneira, a deusa do sol não aguentou e moveu a pedra que fechava a caverna. Um dos deus pegou a pedra e a jogou, ela caiu em Togakushi.


Leia também:


O Santuário Togakushi

Alguns acreditam que este santuário foi construído em 210 a. C. Já a tradição budista afirma que um monge descobriu a área onde está o templo somente em 849 d. C.

Independente do ano de sua fundação, sabe-se que duas seitas tentaram ter a hegemonia do então Templo Togakushi. Uma dessas partes perdeu a batalha, no caso, a Shingon perdeu para a Tendai.

Mas, foi somente com a separação entre o budismo e o xintoísmo que o local se transformou em um santuário. Como se sabe, santuário refere-se ao xintoísmo, e o budismo possui templos.

Assim, o templo foi transformado em santuário no governo Meiji e a ordenação aconteceu em 1868. Até esse momento, tanto os templos como os santuários usavam os mesmos locais e tinham os dois usos, fosse para o xintoísmo ou para o budismo.

A visita ao santuário Togakushi

Quando se inicia uma visita a este local, o mais recomendado é começar pelo Oku-sha, somente depois ir para Kuzuryu-sha. Entre os dois santuários há uma distância de 2 quilômetros. Entretanto, para ir até o interior da montanha, só de pode ir a pé.

Ao todo são esses os 5 santuários que estão no espaço:

  • O Hōkō-sha, ou seja, santuário inferior. É dedicado para uma deusa padroeira que tem como função proteger a maternidade, a vida acadêmica e a costura. 
  • O Hino-miko-sha, é dedicado para o Deus do fogo.
  • O Chū-sha é o santuário do meio. E é dedicados aos Deus da sabedoria.
  • O Oku-sha é o santuário superior, que é onde caiu a pedra lançada pelo deus. 
  • O Kuzuryu-sha é o santuário do deus da chuva.
Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link