Os minúsculos apartamentos em Tóquio!

Os apartamentos japoneses, aos olhos da comunidade internacional, são notoriamente minúsculos. O que pode parecer uma pequena sala para os padrões dos EUA ou europeus, pode parecer muito espaçoso para muitas pessoas que cresceram no Japão. Aqui vamos conhecer um pouco mais sobre os minúsculos apartamentos em Tóquio!

Apartamentos disputados

Claro, existem apartamentos que os japoneses também acham que são pequenos…só que, em comparação com outros países, os pequenos apartamentos do Japão são absolutamente minúsculos.

A imobiliária japonesa Spilytus administra a linha de apartamentos Ququri e, mesmo no Japão, é difícil encontrar um quarto muito mais aconchegante que esses.

Todos os apartamentos do Ququri oferecem apenas três jo de espaço em estúdio, que chega a 4,64 metros quadrados (49,94 pés quadrados).

Mesmo assim, praticamente todos os 1.200 quartos do Ququri, divididos em vários edifícios ao redor de Tóquio, estão sendo alugados.

Eles são especialmente populares entre as pessoas na faixa de 20 e 30 anos, que representam cerca de  90% dos inquilinos.  Cerca de 40% dos residentes são mulheres.

 

Então, qual o apelo?

Por exemplo, localização. O Ququri oferece apartamentos perto de alguns dos bairros mais movimentados do centro de Tóquio.

Eles não apenas fornecem acessos a eventos culturais e de entretenimento, mas também são importantes centros ferroviários, tornando o trajeto curto e fácil para escritórios e escolas na cidade.

Outra vantagem é o baixo custo. Dependendo da localização exata, o aluguel do Ququri pode ser tão baixo quanto 50.000 ienes por mês e, mesmo em seus bairros mais caros, é apenas cerca de 80.000 ienes ou mais.

Além disso, há o fato de que o Ququri não cobra nenhuma chave ou depósito, taxas de pré-mudança que podem facilmente custar até quatro meses de aluguel em muitos apartamentos no Japão.

Também não há taxa de renovação de aluguel (que no Japão geralmente é igual ao aluguel de um mês inteiro, pago uma vez a cada dois anos). Ah, e o serviço de internet é fornecido gratuitamente.

Obviamente, um certo nível de comprometimento com um estilo de vida minimalista é uma vantagem, mas cada quarto também possui um loft que mede cerca de quatro jo (6,19 metros quadrados).


Leia mais:


Dormir no chão

A maioria dos residentes opta por usar o loft como seu espaço de dormir, colocando um futon ou colchão compacto, o que permite que eles usem o espaço real do chão para móveis que não sejam para dormir.

Bem como, cada apartamento tem uma conexão de máquina de lavar interna, ao contrário de muitos micro-apartamentos no Japão, onde você tem que deixar a máquina do lado de fora.

Outros luxos não encontrados em todos os minúsculos apartamentos japoneses: cozinha e banheiro privativo com chuveiro.

Spilytus relata a alta satisfação entre os residentes, muitos dos quais se adaptam rapidamente ao tamanho de suas casas. “A loja de conveniência na rua é basicamente a minha geladeira”, disse um, quando questionado sobre como consegue não ter uma despensa grande.

Embora isso possa soar como uma tentação doentia, de comprar junk food, outro inquilino diz que, como o aluguel baixo permite que ele ande perto do centro da cidade, com um trajeto curto, ele começou a correr de manhã antes do trabalho e perdeu 15 quilos desde que se mudou para o apartamento.

Entretanto, se você é o tipo de pessoa que precisa de muito espaço, alguma dessas condições de vida provavelmente se parecem mais com uma cela do que com um apartamento.

No entanto, para quem quer viver sem desperdício de espaço, em um ambiente altamente personalizado e aconchegante, os minúsculos apartamentos em Tóquio parecem ter o tamanho certo!

 

Fonte: soranews24.com

 

 

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link