Yatai: food-trucks japoneses tradicionais estão em extinção!

Os yatai não podem ser entendido como os food-trucks com os quais estamos acostumados. Ao contrário, ele é feito de madeira, bem mais rústico e pode ser traduzido como “carrinho de comida”.

Na maioria das vezes, eles oferecem um bom prato de comida quente e cervejas. Dessa maneira, é uma ótima atração para quem quer passear pelas ruas e começar a noite.

Entretanto, este tradicional comércio japonês anda com os seus dias contados. Pois a cultura japonesa também tem se transformado, como qualquer outra. Hoje em dia, essas barracas estão mais associadas aos festivais.

Os yatai: uma caixa de madeira que se transforma em um restaurante

Essas barracas são feitas de madeira e estão sob rodas. Por mais que seja uma caixa pequena, ela pode se transformar em um verdadeiro restaurante em que as pessoas podem comer tranquilamente.

Assim, por mais que possa parecer impossível, eles conseguem atender com certa tranquilidade 8 pessoas. Na década de 1930, esse tipo de comércio era relacionado às pessoas de esquerda. Isso porque, os trabalhadores tinham de carregar, literalmente, a barraca nas costas.

Entretanto, os yatai datam de muito antes. Acredita-se que até mesmo nos séculos V ou VI ele já existia. Na época, ficariam próximos aos templos budistas para alimentar os visitantes.

Durante o período Edo, eles eram uma das opções de estabelecimentos abertos para se comer e beber durante a noite. E isso se seguiu pelos anos. Entretanto, agora eles mais parecem uma lembrança e para mostrar aos japoneses que os food-trucks ocidentais não trazem nenhuma novidade.


Leia também


O que se come em um yatai?

Como dito anteriormente, em um yatai costumam ser servidas comidas quentes. Dessa maneira, você pode comer um delicioso rámen, um okonomiyaki, um oden e até mesmo um yakitori. Estes são os alimentos mais comuns e tradicionais de se encontrar em uma dessas barracas.

Quando elas  estão em festivais, é possível encontrar ainda muitas outras opções. Assim, se estiver em grupo, ou com muita fome, é possível comprar vários pratos para experimentar a variedade da comida japonesa.

E, mesmo se você não quiser nada da comida japonesa, existem até mesmo algumas opções como de comida italiana ou francesa. Ou seja, já há uma verdadeira transformação dos yatai e hoje em dia eles podem ser muito mais arrojados do que você imagina.

Mas por que os yatai estão acabando?

Para além das questões de transformação da própria cultura, em que alguns os yatai acabam dando espaço para locais mais modernos, há também a vigilância do governo que colabora para que esses lugares acabem.

Quando ocorreu a Olimpíada no Japão em 1964, o governo não deixou que esses lugares abrissem. Isso era tanto por questões de segurança alimentar, como para evitar infecções, como também para não ter a imagem de um Japão que há pouco havia perdido a guerra e precisava dos yatai para ter comida de rua mais barata.

Assim, esse tipo de comportamento se espalhou ainda mais e hoje já há uma redução drástica do número de yatai.

Por exemplo em Fukuoka, onde ainda há muitas dessas barracas, antes das Olimpíadas eram cerca de 400, hoje o número é de pouco mais de uma centena.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link