O abandono dos estrangeiros no Japão durante a pandemia: sem emprego e sem casa

Os estrangeiros no Japão durante a pandemia estão abandonados a sua própria sorte. Muitos deles chegaram no país cheios de sonhos e com contratos com empresas. Entretanto, essas empresas optaram por demiti-los durante esse momento difícil que o mundo vive.

O resultado é que inúmeras pessoas não têm como voltarem para os seus países natais e ao mesmo tempo ficaram sem qualquer dinheiro e lugar para morar.

Conheça aqui um pouco mais sobre esse tema pouco comentado e o sofrimento que essas pessoas estão passando.

Os estrangeiros no Japão durante a pandemia

Muitos estrangeiros vão ao Japão para realizar seus estágios. Em muitos casos eles recebem incentivos do próprio governo japonês. Para se ter uma dimensão do número de estrangeiros que conseguem ir para o país com esse tipo de contrato, no ano de 2019, o país possuía 410.000 estagiários estrangeiros.

Provavelmente que esse número seria ainda maior em 2020. Pois seria o ano das Olimpíadas de Tóquio. Logo, muitas empresas se preparavam para ter uma alta demanda de trabalho.

Isso acontece porque as empresas também podem contratar mais barato e ainda ter profissionais que dominam outros idiomas. No setor de turismo, esse tipo de estágio é muito frequente.

Entretanto, como estagiários não possuem muita estabilidade, eles foram os primeiros a serem cortados com a pandemia.

Além disso, alguns desses estagiários quando são demitidos são obrigados a assinar que estão saindo por livre vontade. Dessa maneira, eles encontram maior dificuldade para encontrar um outro emprego, sendo que não poderão mais ter um estágio.

Assim, muitos estagiários estrangeiros estão abandonados no Japão. Sem ter dinheiro e nem mesmo um lugar digno para morar.

Afinal de conta, esse programa também fornecia casa aos estrangeiros. Sendo assim, é comum até mesmo ter relatos de estrangeiros que estão dormindo nas estações de transporte público.

São poucos os estrangeiros que acabam conseguindo um emprego para se manter no país. A grande maioria permanece desempregada e sem ter como voltar para o país de origem.


Leia também:


Os estudantes estrangeiros durante a pandemia

Além das pessoas que vão ao país para trabalhar, também há aqueles que vão para estudar. Esses também estão sem qualquer assistencialismo para conseguirem se manter no Japão. Os que possuem como s

Até mesmo aqueles que estudavam e tinham de trabalhar para pagar um curso de japonês estão enfrentando problemas.

O governo japonês bem como as escolas não estão dando prioridade para os estudantes que chegaram ao país antes da pandemia.

E, muitas vezes, por conta da falta de voos para os seus países, acabam ficando presos no Japão.

Assim, a expectativa de conhecer o Japão e viver um sonho, está se tornando um verdadeiro pesadelo para muitas pessoas. Ou outros que pretendiam ganhar dinheiro e mandar para suas famílias, estão em uma situação de quase miséria.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link