Disney e Pixar no Japão: mudanças nos filmes para serem lançados no país

A Pixar no Japão, assim como em muitos lugares do planeta, é um verdadeiro sucesso. Dessa maneira, para que seus filmes possam fazer sentido no país, foram necessárias algumas modificações.

Afinal de contas, nem todas as crianças possuem os mesmos comportamento do mundo.

Conheça aqui algumas dessas mudanças que a Pixar precisou fazer e saiba um pouco mais sobre a cultura do Japão.

Disney e Pixar no Japão: Divertida Mente

Riley, a personagem principal de Divertida Mente, vive um verdadeiro inferno alimentar quando se trata de brócolis.

Porém, deiferente do que acontece em quase todo o mundo, as crianças japonesas não possuem problema com esse legume. Ao contrário, muitas delas o amam.

Assim, para fazer sentido, a Pixar teve de mudar o brócolis para pimentão verde. Este é considerado como nojento por muitas crianças japonesas.

Disney e Pixar no Japão: Detona Half

Para se adaptar ainda mais ao Japão, a Pixar mudou a personagem principal. Enquanto no mundo inteiro ela era Minty Zaki, no país se transformou em Minty Sakura.

E, não foi somente o nome dela que mudou. Mas também a sua aparência.

Disney no Japão: Zootopia

Os apresentadores de ZNN modificam de acordo com o local em que o filme é exibido. Assim, nos s Estados Unidos, Canadá e França há um muito sério. Já na China, há um panda. Na Austrália e na Nova Zelândia há um coala.

E, o melhor de todos, no Japão há um um tanuki. Esse animal também é conhecido como cão-guaxinim japonês. Além disso, ele sempre está muito presente no folclore japonês.


Leia também


Pixar no Japão e no mundo: Toy Story 2

Uma outra modificação que afetou os filmes tanto do Japão como no mundo inteiro foi em Toy Story 2. O Buzz Lightyear faz sua aparição de maneira diferente.

Nos Estados Unidos da América, temos a imagem a seguir. Nela o Buzz Lightyear tem como fundo a bandeira do país.

Porém, para o restante do mundo, inclusive o Japão, ele aparece com o globo de fundo. Essa foi uma maneira que a Pixar encontrou de não deixar o herói como vinculado a somente o país.

Disney no Japão: Universidade Monstro

Um dos maiores sucessos da Diney no quesito animação também passou por transformações para se adaptar tanto ao Japão como também ao restante do mundo que não fala inglês.

Assim, nos Estados Unidos da América na cena dos cupcakes ele aparece com letras que formam a frase “be my pal”. A tradução seria “seja meu amigo”.

Porém, para fazer sentido fora dos Estados Unidos da América, os cupcakes ganharam um desenho, sendo assim, não formavam mais a frase. Veja na imagem a seguir:

Disney e Pixar no Japão: Up

Outro filme que precisou passar por mudanças foi Up. O livro de aventuras do pequeno herói do filme, originalmente, estava escrito em inglês:

No Japão, a tradução ficou assim:

 

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link