Forte terremoto no Japão atinge Fukushima e reflete em todo o Japão

Um forte terremoto atingiu o Japão neste sábado (13 de fevereiro de 2021). O terremoto atingiu a magnitude 7,1 atingindo principalmente Fukushima, que está mais ao norte do Japão.

Os seus reflexos puderam ser sentido até o sul do país.

O tremor durou cerca de somente 1 minuto. Entretanto, esse pequeno tempo pode causar imensos estragos.

A boa notícia é que não há indícios de que o terremoto será seguido de um tsunami, como o ocorrido em 2011. Naquela ocasião, o terremoto atingiu a magnitude de 9,1.

Saiba aqui maiores informações de como o terremoto deste sábado aconteceu. As informações estão sendo atualizadas a todo momento, mas, por enquanto, não há registro de vítimas fatais.

Forte terremoto no Japão

O epicentro do terremoto ocorreu na costa de Fukushima e a uma profundidade de 60 quilômetros.

Este local ainda está próximo dos três reatores nucleares que derretam no tsunami que atingiu o local há quase 10 anos.

Na região de Fukushima esse novo terremoto fez com que muitas pessoas ficassem sem energia, além de estradas terem sido fechadas e o serviço de trem acabou sendo suspendido.

Fora isso, muitas lojas tiveram seus estoques perdidos, como garrafas que caíram e acabaram quebrando. Tal tipo de situação também ocorreu em muitas casas, onde pertences acabaram quebrando com a queda.

Houve também um deslizamento de terra na principal avenida de Fukushima. Enquanto isso, os moradores permaneceram em aflitos e altos, tanto para o caso de um tremor secundário, como com o receio de que ocorresse um novo tsunami.

Entretanto, segundo a agência de meteorologia no país, não há indícios de que um novo tsunami atinja agora a ilha.

Segundo o jornal Kyodo News, cerca de 20 pessoas ficaram feridas em Fukushima por conta dos tremores.

Além disso, em Minami Soma, um dos vilarejos de Fukushima evacuados após o desastre nuclear de 2011, o tremor teria durado cerca de 30 segundos como informou a agência de notícias japonesas NHK.

Segundo estudiosos, é possível que um terremoto como esse não seja o único. Ele pode ser acompanhado de outros tremores na mesma magnitude em cerca de 2 ou 3 dias. Por conta disso, toda a península ainda permanece em alerta para caso venha a ocorrer qualquer outra ameaça de tremor.

O Japão é um país que sofre com muitos terremotos. Nos últimos anos, por exemplo, nos anos de 2016 e 2018 fortes terremotos atingiram o país e fez dezenas de vítimas fatais.


Leia também:


Forte terremoto no Japão acontece quase 10 anos depois do tsunami

Este forte terremoto que atingiu o país ainda possui uma forte simbologia. Em março de 2011, quase há 10 anos, um terremoto atingiu o país e foi seguido de um tsunami. Além disso, houve vazamento de energia nuclear na usina de Fukushima.

Aqueles dias de terror vividos pelo povo japonês são relembrados com muita dor e tristeza até hoje e nunca serão esquecidos.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link