Japão começará a vacinar contra coronavírus na próxima semana

Os japoneses têm historicamente sido extremamente cautelosos quanto à aprovação de medicamentos desenvolvidos no exterior para uso no país. Só em outubro passado, por exemplo, foi tomada a decisão de permitir que as mulheres japonesas comprassem pílulas do dia seguinte sem receita. A necessidade crítica da vacina contra o coronavírus, no entanto, parece ter acelerado o processo para que a vacinação da gigante farmacêutica norte-americana Pfizer seja liberada para uso no Japão.

Boas notícias sobre a vacina

O Japão experimentou um aumento nas infecções por coronavírus no final do ano passado, levando o governo a declarar o estado de emergência para Tóquio e várias das prefeituras mais populosas do país.

Em uma conferência na capital na quarta-feira, no entanto, o primeiro-ministro Yoshihide Suga deu boas notícias para o país.

“Confirmamos a eficácia e segurança (da vacina contra o coronavírus)”, afirmou Suga, “e começaremos a administrar as inoculações no meio da próxima semana”.

Com todo o país precisando ser vacinado, o processo será demorado e o grupo de primeira prioridade será os trabalhadores médicos, seguidos pelos idosos, que constituem uma grande proporção da população japonesa.

Em seguida, vêm os indivíduos com problemas de saúde preexistentes que os colocam em alto risco de infecção e / ou consequências graves, com todos os outros em algum lugar mais atrás na linha.


Leia mais:

Tajima – O refúgio em uma ilha particular

Panela japonesa com elevador dentro é a solução para o inverno

Furin: os sons de um verão japonês


Primeiro Passo

A paciência provavelmente será extremamente importante por causa de um problema envolvendo seringas.

Os frascos da vacina da Pfizer contêm medicamento suficiente para seis doses, mas apenas se uma seringa especial com baixo espaço morto for usada.

No entanto, a falta dessas seringas no Japão significa que muitos centros de inoculação irão extrair apenas cinco doses por frasco, e as porções não extraíveis terão de ser descartadas. Como resultado, o carregamento inicial da vacina, que deveria ser suficiente para inocular 72 milhões de pessoas, pode acabar sendo suficiente para apenas 60 milhões, um pouco menos da metade da população total do Japão de aproximadamente 126,2 milhões.

Ainda assim, há um provérbio japonês, Senri no michi ha ippo kara, que se traduz como “Mesmo jornada de mil milhas começa com um único passo”, e este primeiro passo para a vida voltar ao normal no Japão, incluindo o país sendo capaz de abrir suas fronteiras para viajantes do exterior, é algo que todos estamos ansiosos.

Fonte: soranews24.com

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link