Japão pagará mais de R$2 milhões à família de quem morrer após tomar vacina da COVID-19

A vacina no Japão contra a COVID-19 foi aprovada recentemente. O governo autorizou a utilização da vacina da Pfizer que é tinha como uma das que tem maior eficácia contra o vírus, mas que precisa ser armazenada em baixíssimas temperaturas.

Entretanto, por mais que o governo, aparentemente, tenha um plano sólido de como deva ser a vacinação, dando prioridade para funcionários da saúde, em seguida idosos e pessoas com problemas de saúde, a população japonesa não parece confiar muito na vacina.

Dessa maneira, o governo não viu outra saída. Será preciso oferecer uma indenização para caso alguém venha a morrer. Assim, esperasse que mais pessoas adiram à campanha de imunização.

Conheça aqui mais sobre esse assunto e as ações do governo para que as pessoas tenham consciência da necessidade de se vacinar.

Por que a vacina no Japão é mal vista?

O povo japonês é muito apreensivo quando o tema é vacina. Muitos deles não confiam que ela realmente pode ser uma defesa contra doenças.

Além disso, muitas pessoas creditam mais que serrano atingidas pelos efeitos colaterais da vacina do que pelo próprio vírus. Dessa maneira, é sempre muito difícil convencer um japonês a toma-la.

Assim, é muito mais fácil um japonês usar uma máscara e respeitar todos os protocolos de segurança, do que tomar uma vacina. Esse é um fato surpreendente. Afinal de contas, sempre estamos acostumados a escutar falarem como o povo japonês é disciplinado.

Bom, isso não é uma regra para quando se trata de uma vacina.

Dessa maneira, os próprios costumes do povo japonês tem sido um entrave para a vacinação. Muitas pessoas já registraram alguns efeitos colaterais o que tem feito com que outras acabem desistindo de tomar a vacina.


Leia também:


A indenização para quem morrer após tomar a vacina no Japão

Assim, alguns japoneses que possuem medo de tomar a vacina, tiveram a notícia de um ótimo incentivador. Em uma os relatórios recentes publicados pelo  Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar do Japão, está previsto que haverá uma indenização para os familiares de alguém que acabar morrendo por conta da vacina.

O governo irá conceder uma quantia total de 44.200.000 ienes para a família sobrevivente de qualquer pessoa. Além desse valor, também terá uma cobertura de  custos do funeral, de até 209.000 ienes.

Se colocarmos esses valores na moeda brasileira, o real, a cifra fica ainda mais surpreendente. São mais de 2 milhões de reais!

Além disso, para ajudar ainda mais nesse incentivo, o governo não coloca entraves para receber o valor. Assim, não importa se houve negligência por parte da equipe médica ou do fabricante da vacina. Independente de onde tenha sido o erro, a família irá receber o valor. O único entrave, é claro, é que alguém precisa morrer e que a morte seja comprovada que foi em decorrência da aplicação da vacina.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link