Ir ao Monte Fuji: dicas para fugir dos passeios tradicionais e aproveitar ainda mais o vulcão

Ir ao Monte Fuji é uma viagem inesquecível. Seja por conta da exuberância da paisagem, como também pela temperatura e todo o significado que o vulcão tem para o Japão. Assim, quem tiver a oportunidade de ir até lá, não pode deixar a chance passar.

Porém, muitas vezes as pessoas acabam fazendo apenas o passeio tradicional de subir o Monte Fuji, ou até mesmo só ir até a sua base principal que é onde começam as trilhas. Algumas vão para os arredores para tirar outras fotos de outras perspectivas do vulcão.

Conheça aqui algumas opções que fogem do tradicional e evita que você faça uma visita ao Fuji em que os turistas podem acabar te atrapalhando.

Ir ao Monte Fuji e caminhar na velha estrada de Tokaido em Hakone Hachiri

Nos arredores do Monte Fuji é possível fazer uma caminhada que é uma verdadeira imersão no Japão.

A caminhada começa na estação Odawara. Por lá, os visitantes podem percorrer os trechos restantes da antiga estrada Tokaido que antes ligava Tóquio, quando ainda se chamava Edo, com as antigas capitais de Osaka e Kyoto.

Ao todo são 12 quilômetros. É possível caminhar pelo trecho Hakone Hachiri da antiga rodovia até as ruínas do Castelo de Yamanaka e terminar em Mishima.

Para quem não quiser fazer uma caminha longa como essa, há um percurso menor que é de 4 quilômetros.

O caminho ainda conta com antigos caminhos de paralelepípedos de ishidatami que são cercados por enormes cedros japoneses. Um dos lugares mais interessantes é uma única casa de chá que existe ao longo da caminhada.

É um passeio incrível que você faz uma imersão em um patrimônio natural, cultural e histórico. Não se pode esquecer ainda que há uma linda vista do Monte Fuji e que vai se modificando enquanto se caminha.

Andar de bicicleta pelo Monte Fuji

Outro passeio que também fará com que você não faça o mesmo trajeto que os turistas, é apreciar as redondezas do Monte Fuji de bicicleta.

Você irá respirar melhor e também poderá parar a qualquer momento para fazer uma foto. Isso já é bem diferente do que as costumeiras excursões que param em lugares específicos e possuem tempo bem delimitados.


Leia também:


Ir ao Monte Fuji e passar uma noite

Existem muitas possibilidades de passeios noturnos pelo Monte Fuji.

É possível até mesmo acampar. E, não se preocupe, as acomodações são óitmas para quem quiser alugar uma das barracas que estão disponíveis por lá mesmo.

É uma chance única de saborear um saquê no Monte Fuji durante a noite, ver o sol nascer e até mesmo fazer uma caminhada matinal pela linda paisagem.

Caso tenha tempo, é um passeio imperdível e que te traz uma sensação única. Afinal de contas, não é todos os dias que se pode acampar tão próximo a um vulcão.

 

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link