Kinryu no mai: a incrível dança com o dragão dourado em Tóquio

O termo Kinryu no mai pode ser traduzido como ” A dança do Dragão Dourado”. Ela é uma dança realizada por somente 9 pessoas que são os bailarinos principais. 8 delas carregam um dragão com a ajuda de estacas e aprece que ele está se movendo harmoniosamente pelo ar.

Esse evento acontece desde 1958 e ocorre no tempo Sensouji, um dos mais famosos do Japão e que está localizado em Tóquio.

Conheça aqui mais um pouco sobre ele e sobre a sua mitologia.

O imperdível Kinryu no mai

O templo Sensoji foi reconstruído no ano de 1958, ou seja, em um período em que o Japão também estava se reconstruindo após a rendição da II Guerra Mundial.Por mais que Sensoji tenha sido fundado no ano 645 depois de Cristo, ele foi destruído com a guerra e Kinryu no Mai começou a ser comemorado a partir do momento em que foi reconstruído.

A dança é composta por um dragão segue uma bola dourada que é levada por um outro dançarino. Ela sempre atrai muitas pessoas e acontece em vários horários no decorre do dia.

O dragão inteiro possui cerca de 88 quilos. Assim, cada dançarino deve segurar por todo o percurso cerca de 10 quilos além de fazer todos os movimentos que devem estar em sincronia.

Esta bola possui a forma de lótus e na verdade está sendo vigiada e guardada pelo dragão e representa. A bola também representa Kannon, a Deusa da Misericórdia. Assim, enquanto uma pessoa controla a bola dourada e as outras oito controlam o dragão, há também um grupo de gueixas que fazem uma dança tradicional da música japonesa conhecida como hayashi. O dragão também dança no mesmo ritmo dessa música.


Leia também:


O Templo Sensoji e o Kinryu no mai

O nome oficial de Sensoji é 金龍 山, que significa Montanha do Dragão Dourado. Ou seja, significa que é de lá que vem o Dragão.

Como a dança é para Kannon, acredita-se que no dia em que ela apareceu neste mundo, um dragão dourado desceu dos céus. Em uma noite uma floresta de mil pinheiros cresceu. Apesar de não haver mil pinheiros no templo, o espaço é dedicado a ela.

O evento acontece todos os anos nos dias 18 de março e de outubro. Independente do dia da semana, o evento sempre ocorre nesses dias.

Essas datas são as escolhidas porque em 18 de março Kannon teria aparecido no mundo. E como no dia 10 de outubro realizada uma missa budista. Por conta disso, é realizado o festival também em 18 de outubro.

A dança acontece logo em frente ao salão principal de Sensoji. Além disso, ocorre em três horários. Em seguida, a dança segue para a rua Nakamise e vai atraindo cada vez mais pessoas para acompanhar essa linda dança. 

Para quem tiver a oportunidade, é uma dança que merece ser vista. Além de ser uma ótima oportunidade para conhecer mais da cultura japonesa.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link