A história dos samurais no Japão em poucas palavras

A história dos samurais no Japão é muito longa. Afinal de contas, eles remontam a momentos em que o Japão nem mesmo era o Japão, ou seja, quando não era unificado.

Para você conhecer amis sobre eles e de maneira rápida, fizemos um pequeno texto com as principais passagens da história desses guerreiros. Obviamente naõ há um aprofundamento. E, além disso, a história dos samurais possui muitos debates e leituras.

Portanto, apresentamos somente uma dessas versões e sem o aprofundamento adequado. Mas, para quem quiser começar a entender sobre eles, esse é um ótimo caminho.

A história dos samurais no Japão

A administração Yamato foi a responsável por unificar as poucas centelhas de pequenos países que existiam no que hoje é o território japonês. Essa administração, mais tarde, ficou conhecida como Corte Imperial. Isso aconteceu por volta dos séculos IV e V.

Essa administração também foi a responsável por distribuir pedaços de terra ao povo para começarem a cultivar. Mas, isso não aconteceu por simples bondade. As pessoas deveriam pagar impostos para a Corte imperial.

Para manter a sua plantação, os donos dessas terras começaram a se armar para proteger o que possuíam. Dessa maneira, esses guerreiros que faziam a proteção das terras começaram a ser chamados de samurais.

Em seguida, eles foram contratados por aristocratas como seus guarda-costas e tornaram-se tão poderosos que assumiram um governo próprio.

É dessa maneira que começa o período dos xogunatos.


Leia também:


O primeiro xogunato foi o Kamaura, ou seja, era uma administração samurai. Mas, ele perdeu o poder com a invasão Mongol. O segundo xogunato foi o Muromachi, que perdeu o poder por conta de um conflito interno.

Em seguinda, os líderes samurais de cada região começaram a era Sengoku, ou seja, uma era de guerra civil para escolher quem seria o próximo líder do Japão. Ao final do conflito, Tokugawa Ieyasu ganhou e assim começou o terceiro xogunato.

Esse terceiro xogunato é conhecido por seu longo período e pelo nome de Edo. Foram ao todo 250 anos, mas em que ainda haviam conflitos internos.

E foi por conta de guerras civis que o período Edo conheceu o seu fim. Juntamente com o seu fim, o Japão começava a sua abertura. Agora, já estamos no final do século XIX, quando o país começa a passar por uma modernização em todos os seus setores.

Dessa maneira, com o enfraquecimento do xogunato e também com o suo de armas de fogos, os samurais acabam sendo derrotados. Tem início uma nora era, agora com um Imperador. Essa nova era é a Meiji, marcada pelo fim dos samurais e a abertura do país.

Assim, os samurais são proibidos de portarem suas armas e acabam se extinguindo aos poucos, seja no confronto com as forças policiais do Império, como também por acabarem isolados.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link