Futokoro: um bolso japonês tradicional

Existem muitos acessórios que compõe as roupas antigas japoneses, sendo que um desses é o futokoro. Esse é um acessório pequeno que funciona como uma pequena carteira.

Conheça mais aqui sobre, aprenda mais sobre a cultura japonesa e algumas particularidades de vestimentas antigas.

O futokoro

Futokoro (懐 ふ と こ ろ) é um bolso situado entre as camadas interna e externa de um quimono – a vestimenta tradicional japonesa que é um manto longo e solto com mangas largas. Ao usar um quimono, o lado esquerdo é enrolado sobre o direito e amarrado com um cinto chamado obi. A forma como tudo é montado cria um bolso na altura do peito, e esse é o seu futokoro.

Hoje em dia, o quimono é reservado para ocasiões especiais para a maioria dos japoneses, mas por muito tempo foi uma roupa do dia a dia. O primeiro ancestral do quimono nasceu durante o período Heian (794-1192) e era praticado diariamente por homens e mulheres até que o Japão se ocidentalizou durante o período Meiji (1868-1912).

Com o tempo, as pessoas guardaram várias coisas no bolso do futokoro porque era um lugar seguro e os itens ajudaram a evitar que seus cintos obi subissem. Como resultado, muitas palavras e frases associadas ao futokoro nasceram, e muitas delas ainda são usadas hoje.


Leia também


O futokoro é muito mais que uma carteira

Você já sabe que dinheiro é um dos itens mais comuns que as pessoas mantêm em seu futokoro. Então, o que mais poderia ser armazenado lá? Acontece que todo tipo de coisas.

A partir do período Heian (794-1192), os japoneses mantiveram pedaços de papel em seu futokoro. Esses pedaços de papel serviam para uma série de propósitos, como assoar o nariz, limpar a sujeira, fazer anotações ou servir lanches ou comida neles.

Outra coisa que as pessoas normalmente carregavam no futokoro era uma faca! Antes do período Meiji (1868-1912) e quando os samurais existiam, ainda havia muita agitação no Japão. Uma vez que apenas samurais tinham permissão para carregar uma espada longa katana, você precisava ter algo mais para se proteger em caso de emergência, daí a adaga em seu futokoro!

Às vezes, as pessoas também guardavam lanches no futokoro. Por exemplo, há uma sobremesa tradicional japonesa chamada shiruko, que é sopa adzuki (feijão vermelho) adoçada com bolos de arroz ou bolinhos de farinha de arroz. No período Edo, um artesão inventou um mini shiruko instantâneo que as pessoas podiam carregar em seu futokoro. Isso tornou possível fazer shiruko em qualquer lugar apenas adicionando água quente.

Durante o período Meiji e a ocidentalização do Japão, muitos itens ocidentais se tornaram populares, especialmente entre os aristocratas. Relógios de bolso eram um deles e foram transformados na palavra japonesa 懐 中 時 計 か い ち ゅ う ど け い (relógio in-futokoro). No entanto, esta foi mais uma tradução direta de “relógio de bolso”, já que 懐 era visto como o equivalente da palavra inglesa “bolso”. Na realidade, porém, a maioria das pessoas mantinha o relógio de bolso no cinto obi, não no futokoro.

Fonte: Tofugo.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link