Veja o salário de uma integrante da família imperial japonesa

A família imperial japonesa é alvo de muitas curiosidades. Afinal de contas, nunca abemos muitas informações sobre ela.

Recentemente, a princesa Mako, a filha mais velha do príncipe herdeiro Akishino e da princesa Kiko, anunciou que irá se casar com alguém que não é da família imperial. Ela aparentemente pretende recusar um subsídio a ser pago a ela no momento do casamento. Mas, qual seria o valor desse pagamento?

O salário de uma integrante da família imperial japonesa ao se casar com um plebeu

A Lei da Casa Imperial estipula: “No caso de uma mulher da Família Imperial se casar com outra pessoa que não o Imperador ou um membro da Família Imperial, ela perderá o status de membro da Família Imperial.”

Se um membro feminino da Família Imperial se casar com um plebeu e deixar a casa, a quantia total é paga com os cofres do estado de acordo com as estipulações da Lei de Finanças Domésticas Imperiais. Pretende-se que o ex-membro da família possa destinar os fundos para “manter sua dignidade”, mesmo depois de deixar a Família Imperial.


Leia também


Mas, qual é o valor do pagamento de uma integrante da família imperial japonesa ao se casar com um plebeu?

A quantia exata é finalizada no Conselho Imperial de Economia Doméstica, com um determinado limite definido. De acordo com o Imperial Household Finance Act e outras regras, a princesa Mako, 29, receberia 152,5 milhões de ienes (cerca de R$ 7 232 515,39), a mesma quantia oferecida a Sayako Kuroda, 52, quando ela se casou em 2005. Kuroda é a única filha do Imperador Akihito e da Imperatriz Emerita Michiko.

Quando Noriko Senge, 33, segunda filha do falecido príncipe Takamado, se casou em 2014, o pagamento total foi limitado a 106,75 milhões de ienes (cerca de R$ 5.134671,63) . Esse também foi o caso de sua irmã mais nova, Ayako Moriya, 30, que se casou em 2018.

A diferença entre as somas deve-se ao seu status diferente, com Kuroda e a Princesa Mako sendo filhos e netos do Imperador Emérito, respectivamente, e portanto chamados de “Naishinno” (Princesa) em japonês, enquanto Senge e Moriya são bisnetos do Imperador Taisho (1879-1926) e, portanto, referido como “Jo-o” (Princesa).

Há imposto sobre esse salário?

Kuroda, Senge e Moriya receberam os valores integrais. Portanto, há apelos para que a princesa Mako tenha direito à mesma quantia que Kuroda tinha. Mas um alto funcionário da Agência do Domicílio Imperial observou: “A soma pode ser diferente entre a filha e a neta do (ex) imperador.”

Quando as duas filhas do falecido príncipe Mikasa se casaram, cada uma recebeu 90% do valor limitado. A filha mais velha, agora com 77 anos, e a filha mais nova, com 69, são netas do imperador Taisho. O príncipe Mikasa faleceu com 100 anos em 2016. Com base nisso, há opiniões de que a princesa Mako também poderia ter direito a 90% do teto, ou 137,25 milhões de ienes (cerca de R$ 6.601720,67).

Então, por que a Princesa Mako está sugerindo que recusará o pagamento?

Enquanto a princesa Mako estava informalmente noiva de Kei Komuro, 29, houve relatos de uma disputa financeira entre a mãe de Komuro e seu ex-noivo. Indivíduos ligados à Agência da Casa Imperial especulam que a princesa Mako está prestando atenção ao volume considerável de críticas e críticas da opinião pública a seu casamento com Komuro. A Agência da Casa Imperial irá considerar se é tecnicamente possível para ela recusar o pagamento.

Fonte: Mainichi.JP.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link