Por que o número 4 é tão temido e odiado no Japão?

O número 4 no Japão sempre precisa ser evitado. Muitas pessoas até mesmo optam por não comprar 4 unidades de algo, por exemplo.

Esse número no Japão pode ser compreendido como algo próximo ao número 13 em algumas culturas.

Veja aqui por que os japoneses sempre evitam esse número.

O número 4 no Japão

A versão rápida de por que o número quatro (pronunciado como yon ou shi) é azarado é que soa como a palavra para morte (shi 死し).

A versão mais comum é que algum tempo atrás, muito, muito tempo atrás, alguém descobriu isso e começou a dizer a todos que o número 4 era igual a morte e que todos precisam tomar cuidado porque coisas desagradáveis ​​vão acontecer. Algumas pessoas acreditaram nele, se espalhou, e o resto é história.

E existem alguns número que são ainda mais azarados no Japão.

24 pode se tornar nishi, também conhecido como morte dupla (nishi ニ死にし)

42 (a resposta para a vida, o universo e tudo mais!) pode se tornar shini, também conhecido como “morte” ou “para a morte” (shini 死しに)

43 pode se tornar shisan que soa como shizan, também conhecido como natimorto (shinzan 死産しさん)

45 pode ser shigo, ou “após a morte” (shinzan 死後しご)

49 (embora um pouco exagerado) pode se tornar shinu feito kurushimu, também conhecido como “Sofrer até a morte”.


Leia também:


 

A superstição do número 4 no Japão e na Ásia

Mas, não pense que essa superstição é somente para os japoneses. Boa parte da Ásia tem receio desse número.

Tudo do Japão parece ter vindo da China de uma forma ou de outra, e o azarado número quatro não é exceção. Na verdade, a China espalhou essa superstição para muitos outros países asiáticos também… basicamente qualquer país asiático que pegou emprestado um ideograma ou criou seu próprio idioma com o chinês como base. É bastante fascinante.

A China sempre foi um dos países mais influentes da Ásia, especialmente no passado. Eles espalham produtos, ideias, religião e cultura. Embora não haja como realmente saber, eu diria que é bastante seguro supor que a China também espalhou essa superstição pela Ásia.

Como o número quatro é considerado azarado em uma escala tão ampla, você verá muitos exemplos desse medo na vida cotidiana em quase todas as culturas do leste asiático.

Elevadores muitas vezes estarão faltando um quarto andar. Em casos extremos, os andares 40-49 (e às vezes qualquer andar com um quatro) também estarão * ausentes. Isso é semelhante a como alguns edifícios pularão o 13º andar nas culturas ocidentais.

Na China, as aeronaves militares começam com o número 5, como no “Shenyang J-5).

As marinhas de Taiwan e da Coreia do Sul não usam o número 4 para seus números de pingente.

Às vezes, na Coréia, o quarto andar será rotulado como “F” em vez de 4.

Korail (companhia ferroviária nacional da Coréia) pulou a locomotiva número 4444.

Mesmo que isso seja apenas uma superstição, isso realmente afeta a forma como as pessoas agem (você não faz coisas em quatro… você não dá presentes em quatro… etc.).

Fonte: Tofugo.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link