Japonesa em trem achava que estava sofrendo discriminação, mas recebe uma mensagem surpreendente!

Com o o surto de Covid-19, os japoneses andam bem estressados, mas não apenas pelo risco de contágio. Afinal, muitos relatos de discriminação contra asiáticos e seus descendentes aconteceram no mundo.

Portanto, é fácil ser contagiado pela onda de medo e raiva causada pela ignorância. No entanto, uma história do Twitter deixou todo mundo refletindo. Uma mulher japonesa que vive na Dinamarca contou em seu perfil @tomomi_dk

“Eu estava no trem e uma senhora idosa ficava me encarando. Eu pensei “Ela deve achar que eu tenho coronavírus”

Seu insitinto inicial foi de desconforto, já que tem muitos relatos de japoneses e outros cidadãos de países asiáticos sendo xingados em algumas partes da Europa. Então, sua reação era compreensiva.

O que aconteceu a seguir a surpreendeu de forma positiva.

“Ela estava para sair do trem, a mulher veio até mim e disse: “Seu vestido é muito bonito! Cai muito bem em você. Com o tempo desse jeito hoje, obrigada por iluminar esse vagão maçante! Eu queria dizer isso faz um tempinho já. Enfim, tenha um bom final de semana! Até mais!

Logo, as pessoas reagiram a postagem.

“É muito importante se manter positivo!”

“Eu quero ver o vestido!”

“Wow, isso aqueceu meu coração! Nós deveríamos ter mais cuidado em não julgar tão rápido”

“Que senhora amável! Você iluminou o interior do vagão e a sociedade também!”

“Fiquei arrepiado ao ler essa história! Obrigado por compartilhar! Isso me fez querer ser alguém que faz os outros felizes com as minhas palavras.”

“Essa história parece um raio de sol atravessando as nuvens escuras-corona. Acho que todos deveríamos tentar ser mais como a idosa”

Leia também

Um homem japonês dividiu uma história parecida.

“Eu tive uma experiência parecida! Eu vivo nos EUA e no restaurante uma mulher que estava sentada em uma mesa próxima não parava de me encarar. Me senti meio que nervoso, como se tivesse feito algo rude. Assim que ela saiu, eu tive certeza que ela me falaria algo desagradável, mas na verdade disse “Seus filhos são tão bem comportados! Como você faz?” Fiquei tão aliviado!”

Para concluir, a mulher do relato inicial teve um pensamento de reconsideração.

“Me fez pensar. ‘Talvez eu não deveria ser tão desconfiada com coisas que eu não conheço. Eu deveria ter uma abordagem mais otimista da vida e ser mais positiva’. Eu respondi a senhora: ‘Seu comentário fez meu final de semana tão melhor, obrigada!”

Mulher japonesa Twitter
Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link