Fortaleza flutuante do Japão: as ruínas do Castelo Takeda

Nas manhãs frescas de outono, as ruínas do Castelo Takeda da província de Hyogo se tornam uma “fortaleza flutuante”, parecendo voar acima de um rio de nuvens no vale estreito abaixo da torre de menagem.

Fortaleza nas nuvens

As ruínas do Castelo Takeda pairam sobre a cidade de Asago, nas montanhas da província de Hyogo, como uma cena de conto de fadas medieval.

A impressão de outro mundo é intensificada durante o outono e início de inverno, quando a névoa enche o vale circundante, fazendo parecer que as ruínas da torre feudal estão flutuando em um rio de névoa.

O fenômeno da madrugada cria uma cena encantadora e deu ao antigo local o apelido de “o castelo das nuvens”.

O castelo e seu cativante leito de nuvens permaneceram uma atração turística relativamente obscura até a primeira década deste século, quando a Fundação do Castelo do Japão o incluiu em sua lista dos 100 melhores castelos do país.

Desde então, as ruínas estrelaram comerciais, incluindo um para o Google Japão, e foram usadas como locação de filmagem para o drama Taiga de 2014 da NHK, a peça da época anual da emissora nacional. Naquele ano, Takeda teve um recorde de 580.000 visitantes vindo para ver as ruínas do castelo.

O aumento da atenção atraiu turistas e aficionados por história, mas as multidões permanecem relativamente mansas e não prejudicam as vistas espetaculares.

Melhore época: outubro a dezembro

A melhor época para encontrar o Castelo Takeda flutuando na névoa é de outubro a dezembro, quando as condições estão propícias para a produção da mesma.

Durante este período, o sol aquece as águas do vizinho Rio Maruyama durante o dia, e nas primeiras horas da manhã, o ar frio convoca o vapor da superfície aquecida, enchendo o vale com uma névoa branca e densa.

O fenômeno é de curta duração, porém, com a maior parte da névoa se dissipando algumas horas após o nascer do sol.

Uma Fortaleza Vital

O Castelo foi construído em meados do século XV pelo influente líder militar Yamana Sozen. Uma típica fortaleza de montanha, vigiava a província envolvente.

No entanto, em 1577 o guerreiro Hashiba Hidenaga conquistou o castelo em nome do seu meio-irmão, o senhor da guerra Toyotomi Hideyoshi, como parte de uma campanha para reunificar o Japão.

Akamatsu Hirohide foi nomeado senhor da fortaleza, mas o castelo foi abandonado quando ele cometeu o ritual do suicídio após alinhar-se com o lado perdedor da Batalha de Sekigahara de unificação da nação em 1600.

Tudo o que resta do Castelo Takeda são os alicerces de pedra e as muralhas, que mesmo depois de 400 anos parecem tão resistentes quanto quando foram construídos.

A história e a paisagem do Castelo Takeda tornam as ruínas uma alegria de visitar, mesmo quando não estão envoltas em névoa.

Na primavera, as cerejeiras no terreno e ao longo do rio Maruyama florescem juntas, deixando o vale com uma linda tonalidade rosa.

As outras estações são igualmente encantadoras: o verão oferece um céu azul deslumbrante, o outono proporciona a visão da folhagem e o inverno traz as paisagens com neve em movimento.

 

Os horários de visitas para as ruínas variam sazonalmente e os jardins estão fechados na maior parte de janeiro e fevereiro.


Leia mais:


Endereço: 〒669-5252 Hyogo, Asago, 和田山町竹田古城山169番地

Horários para visitação:

  • Primavera: março a abril, das 08h – 18h
  • Verão: junho a agosto, das 06h – 18h
  • Outono: setembro a novembro, das 04h – 17h
  • Inverno: 3 de dezembro a 3 de janeiro, das 10h – 14h

Fechado de 4 de janeiro a fevereiro

Fonte: http://nippon.com

 

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link