Mais do que tofu: conheça outras comidas japonesas veganas

Quando se fala em comidas japonesas veganas, rapidamente se pensa no tofu. Apesar de ser apreciado pelo mundo inteiro, não podemos achar que um vegano vai para o país e comerá somente isso.

Assim, preparamos aqui uma seleção de outros alimentos que são comuns na culinária japonesa. Qualquer vegano poderá comê-los sem qualquer problema e conhecer muito mais sobre a culinária japonesa.

Não deixe de ver ao final também, algumas dicas para veganos que forem para o país.

Aqui, se entende por vegano aquele que não come nada que seja de origem animal, além de não usar nenhuma roupa, acessórios ou cosméticos que possam ter prejudicado algum bicho.

Comidas japonesas veganas

Mochi

Essa é uma bolinha de arroz densa. Em algumas vezes é até mesmo usado no okonomiyaki. Além disso, é uma comida muito tradicional.

Ele pode ser servido frito ou grelhado. Vale muito a pena experimentar, principalmente no outono.

Kushimono

Essa é a famosa comida no espeto. No Japão é possível encontrar algumas variações que são veganas, como de raiz de lótus, cogumelos, pimenta verde, quiabo e muitos outros vegetais. Assim, vali a pena experimentar.

Tsukemono

Essa também é uma comida que está no cotidiano dos japoneses. Elas são as famosas conservas de legumes.

Com o tsukemono, qualquer refeição fica muito mais saborosa. As conservas japonesas conseguem unir um sabor doce com um azedo que lhe é muito característico.

Não deixe de experimentar as de ameixa, que também podem estar no interior dos oniguiris.

Daikon

Este é o vegetal mais consumido pelos japoneses e nada mais é que o rabanete. Assim, ele é feito de  diversas maneiras.

Pode ser consumido em conserva, como também fervido, conhecido pelo nome de oden.

Edamame

O feijão de soja (edamame) é um ótimo acompanhamento para um hapy hour acompanhando de bebidas alcóolicas.

Em alguns restaurantes ele também é servido como uma entrada.

Algas japonesas

Essas valem muito a pena. E, caso você seja vegano, não deixe de trazer algas do Japão em suas malas. Elas são muito saborosas e a qualidade é impressionante.

Assim, só de esmagá-las por cima de uma porção de arroz, você já terá uma ótima refeição e muito nutritiva. Ou elas também podem acompanhar uma salada para dar maior crocância.


Leia também:


Dicas para conseguir as comidas japonesas veganas e não se enganar

Cuidado com a sopa de missô

Essa sopa é mais conhecida pelo nome de missoshiro. Em muitas receitas, ela não leva nada de origem animal. E seu sabor costuma a ser muito mais agradável quando ela também possui tofu e alga.

Entretanto, algumas receitas podem usar temperos que são feitos a partir de peixes. Assim, sempre tenha atenção de onde estiver comendo.

Os missoshiros que são instantâneos também não são veganos nem vegetarianos. Eles possuem o peixe em sua composição. Por isso, um vegano no Japão nunca deve experimentar uma dessas sopas que seja instantânea.

Dashi, um vilão para os vegetarianos/veganos

dashi é um tempero feito de peixe e muito utilizado no Japão. Assim, é sempre bom perguntar se ele não está sendo usado e algum prato que você pretende pedir.

Cuidado com as comidas das lojas de conveniência

Existem lojas de conveniência em todos os cantos no Japão. Porém as comidas que são vendidas ali, mesmo que sejam de vegetais, costumam a ter algum ingrediente de origem animal. Prefira as que tiverem algum certificado de que realmente são veganas.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link