Falar positivamente sobre a maconha online leva à prisão de japoneses

Em todo o mundo, parece haver uma atitude cada vez mais branda em relação ao consumo da maconha, com muitos governos legalizando totalmente a substância.

O Japão, no entanto, não mudou um centímetro quando se trata da maconha e também não dá sinais de fazer isso no futuro.

Prisões

Veja, por exemplo, as recentes detenções de um homem de 32 anos de Kanagawa e uma mulher de Tóquio de 37 anos. Eles teriam admitido a acusação de violar a – respire fundo agora – Lei Relativa às Disposições Especiais para a Lei de Controle de Narcóticos e Psicotrópicos, etc. e Outras Questões para a Preservação de Atividade que Encorajam Condutas Ilícitas e Outras Atividades Envolvendo Substâncias Controladas através da Cooperação Internacional.

Parece que este par entrou em conflito com a parte “Encorajando condutas ilícitas” do longo título, pois eles postaram mensagens como “Fumar pela primeira vez em muito tempo é demais” e “Weed é o melhor” nas redes sociais chats que foram disponibilizados para cerca e 80 pessoas.


Leia mais:


Cilada?

Entretanto, não foi apenas um elogio improvisado como: “Weed é otimo, mas de qualquer maneira, o que há com você?”. Entre os dois, um ataque de 800 mensagens pró maconha foi relatado a polícia que, suspeitosamente, parece estar tentado atrair as pessoas para uma situação de vendas, na pior das hipóteses, e na melhor das hipóteses é simplesmente irritante.

Ainda assim, para a maioria das pessoas, delirar sobre fumar maconha é um motivo muito inesperado para ser preso no Japão, e a maioria dos comentários expressou sua surpresa.

“Eu não sabia que você poderia ser preso por isso. Percebi que algumas contas do Twitter como esta geralmente têm avisos de isenção de responsabilidade como ‘ isto é obra de ficção’ ou algo assim.”

“Nem importa se eles realmente fumaram? Eles realmente fumaram?”

“800 vezes? Ri muito”

Penalidades

De acordo com o Artigo 9 daquela lei, cujo nome não repetirei: “Uma pessoa que publicamente agitar ou incitar à prática do crime relacionado a drogas…ou abuso de uma droga regulamentada está sujeita a penas de prisão de até três anos ou multa de até 500.000 ienes.”

Em comparação, a Lei de Controle de Narcóticos e Psicotrópicos regular diz que portar maconha pode fazer com que você fique até 7 anos atrás das grades, e de 1 a 10 anos se o infrator estiver pensando em lucrar com isso.

Então, como você pode esperar, o porte real da maconha é de fato muito mais rígido, mas as punições por exagerar no fumo também não são brincadeira.

Isso também levanta questões sobre pessoas como a atriz que virou ativista Saya Takagi, que concorreu ao parlamento com a plataforma para legalizar a maconha medicinal. Como uma defensora muito conhecida da droga, ela também não está violando a lei?

E depois há os músicos mundialmente famosos que elogiaram a experiência…

Uma coisa é certa, a lei japonesa é tão dura sobre a maconha como sempre.

Fonte: soranews24.com

 

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link