Como a Liberdade em São Paulo tornou-se um bairro japonês?!

O bairro da Liberdade em São Paulo é conhecido no Brasil inteiro por suas referências ao Japão. Atualmente, ele carrega referências à cultura asiática como um todo.

Mas, você sabe como esse bairro foi formado e como ele se tornou um símbolo da presença dos japoneses no Brasil?

Conheça nesse artigo um pouco mais da história desse bairro e como ele foi importante para a imigração.

Bairro da Liberdade em São Paulo e a imigração japonesa no Brasil

Hoje em dia, na Liberdade é possível encontrar diferentes comércios de coisas orientais, vão desde comidas até acessórios.

Entretanto, mais do que um bairro de comércio, a Liberdade foi muito importante para os imigrantes japoneses que chegaram no começo do século XX em São Paulo.

Os japoneses escolheram o bairro para morar porque muitas casas ali tinham porões e morar nesses cômodos era muito mais barato. Por conta disso alguns imigrantes começaram a comercializar alguns produtos, como fabricar e vender tofu (queijo de soja tradicionalmente japonês) e outras especialidades do país.

Com o tempo muitos outros japoneses acabaram indo para o bairro porque eles saíam das fazendas e iam para a cidade em busca de melhores oportunidades de trabalho.

Com a presença japonesa aumentando na região, cada vez mais o bairro foi ganhando confronto orientais. Principalmente depois da II Guerra Mundial, no ano de 1945, o bairro começou a ter outros comércios especializados em acessórios do Japão.

Por exemplo, a Livraria Sol, que foi fundada em 1947 e trazia livros do Japão para que os imigrantes pudessem ter acesso a eles. Esse era só o começo de uma série de lojas que trariam coisas do país para vender no bairro.

Hoje em dia, no bairro existem até mesmo festivais que são famosos, além da tradicional feira de domingo em que é possível experimentar uma variedade de comidas japonesas.

Mas, em qualquer dia da semana que você for ao bairro, poderá fazer um ótimo passeio nas várias lojas/mercados orientais que existem por ali.


Leia também


Uma breve história do bairro da Liberdade em São Paulo antes dos japoneses

Muito antes do japoneses pensarem em imigrar para o Brasil, o bairro da Liberdade era conhecido como Pólvora. Ali estava o largo da Forca, por conta da forca que existia ali para executar as pessoas.

Era executados preferencialmente os negros escravos que tentavam fugir de onde eram explorados, mas acabavam sendo recapturados.

Quando ela foi transferida para outra região do centro de São Paulo, o bairro ganhou o nome atual.

Neste período também, o bairro abrigou muito negros ex-escravos e seus filhos. Ali se organizavam para lutar por seus direitos.

As mudanças começaram a ocorrer no final do século XIX com a imigração. Assim, com a construção dos sobrados e pensões, o bairro atraiu muitos imigrantes por ser um local de moradia barata. Depois de ter atraído uma leva de italianos, foi a vez dos japoneses de se abrigarem por ali.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link