Os brasileiros no Japão poderão tomar a vacina?

Com a aprovação da vacina da Pfizer no Japão, uma das questões que mais preocupam, é se os brasileiros e outros estrangeiros também poderão receber suas doses. Como se sabe, a comunidade brasileira no país é muito grade.

Mas, será que os japoneses são os preferenciais? Conheça aqui como será a fila de vacinação por lá.

A aprovação da vacina no Japão

Ao contrário do que se esperava do Japão, o país não conseguiu desenvolver uma vacina. Por conta disso, acabou fechando contrato com a Pfizer para imunizar a população.

O acordo foi recebido com muita felicidade pelos japoneses já que o país é um dos últimos que anunciou um programa de vacinação contra o coronavírus.

Acredita-se que já nessa semana (15 de fevereiro de 2021), os funcionários da saúde que trabalham na linha de frente contra o coronavírus começarão a ser vacinados.

Até 20.000 profissionais médicos da linha de frente em hospitais públicos devem ser os primeiros a receber as vacinas, seguidos por 3,7 milhões de outros profissionais de saúde.

Para que as pessoas sejam vacinadas, serão enviados para elas tíquetes para que se dirijam a um posto e recebam a dose.

Esses tíquetes de vacinação serão enviados para mais ou menos 36 milhões de pessoas com 65 anos ou mais até o final de março. As vacinação dessas pessoas começará somente em abril, como anunciou o governo japonês.

Há alguns meses o governo japonês j[a vem se preparando para receber essas vacinas. Como elas precisam ficar armazenadas em baias temperaturas, o governo já adquiriu uma série de congeladores para que as vacinas não estraguem. A eficácia dela é de mais de 90% e já tem sido aplicada em vários países como no Líbano e nos EUA.

Com quase toda a estrutura montada, espera-se que o Japão consiga vacinas muitas pessoas de maneira eficiente.

Segundo o cronograma, depois daqueles que estão acima dos 65 anos, outros grupos prioritários serão vacinados. Eles são compostos por 8,2 milhões de pessoas com doenças crônicas, 2 milhões de trabalhadores de enfermagem e 7,5 milhões de pessoas de 60 a 64 anos. Em seguida, vêm as vacinas para o público em geral para maiores de 16 anos.


Leia também:


Como será a vacinação de brasileiros no Japão?

Sim, os brasileiros no Japão vão poder tomar a vacina. Entretanto, eles precisam ser residentes legais do país.

Segundo Taro Kono, o ministro que está encarregado da implantação, os expatriados e outros residentes estrangeiros no Japão registrados em um município de residência, bem como diplomatas, terão direito à vacinação.

Interessa ao Japão vacinar todos aqueles que puder para que eles também não acabem contaminando outras pessoas. Assim, os brasileiros que estão legais no país, não precisam se preocupar. Eles irão pegar as filas igual a todos os japoneses e também irão fazer parte dos grupos prioritários se  for necessário.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link