Indicações do Japão ao Oscar, conheça os filmes premiados e indicados

As indicações do Japão ao Oscar são inúmeras. Aqui, vamos apresentar as indicações somente de melhor filme estrangeiro.

Mas, por mais que existam muitas indicações, poucas delas se reverteram em premiação. Mesmo assim, a lista que apresentamos a seguir é ótima para quem ama o cinema asiático como um todo ou para quem quer conhecer mais sobre a cultura e a história do Japão.

Indicações do Japão ao Oscar de Melhor filme Estrangeiro

Elencamos as indicação do Japão ao Oscar por ano. Todos eles concorreram na categoria de melhor filme estrangeiro.

1956

O Biruma no Tategoto (ビルマの竪琴) – Harpa da Birmânia – foi indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro. Entretanto, não chegou a ganhar o prêmio.

O filme conta a história dos japoneses que continuaram a lutar mesmo depois do Japão ter se rendido após a II Guerra Mundial.

A direção foi de Kon Ichikawa.

1961

Eien no Hito (永遠の人) – Amor Imortal – traz a história de um jovem que voltou para casa depois de lutar na II Guerra Mundial.

A direção foi de Keisuke Kinoshita.

1963

Koto (古都) – Duas irmãs de Kyoto – conta a história de uma menina de 20 anos que descobre que foi abandonada por seus pais e adotada por uma nova família ao conhecer sua irmã.

A direção foi de Noboru Nakamura.

196

 

Suna no Onna (砂の女) – A mulher da areia – ganhou até mesmo prêmio em Cannes. É um filme poético e erótico que aborda o Japão depois da guerra.

A direção foi de Hiroshi Teshigahara.

1965

Kaidan (怪談) é uma história de terror para aqueles que possuem coragem de encarar um filme assustador.

Com direção de Masaki Kobayashi.

1967

Chieko-sho (智恵子抄) foi feito a partir de poemas e conta a história da mulher Chieko.

Esse também é com direção de Noboru Nakamura.


Leia também


1971

Dodes’ka-den (どですかでん) sempre vale a pena ver um filme do Kurosawa para entender a cultura japonesa.

Com direção de Akira Kurosawa.

1975

Sandakan Hachibanshokan Bohkyo (サンダカン八番娼館 望郷)- Vontade de viver – é um drama-bélico que marcou uma geração japonesa.

Com direção de Kei Kumai.

1980

Kagemusha (影武者) – Kagemusha: A sombra do samurai – vale a pena ser assistido. É mais uma das obras primas de Kurosawa.

Com direção de Akira Kurosawa.

1981

Doro no Kawa (泥の河), esse filme conta a história de dois garotos cujo os pais fazezm negócios em um rio de Osaka.

Com direção de Kōhei Oguri.

2003

Tasogare Seibei (たそがれ清兵衛) – O samurai do entardecer – o filme retrata o período Edo no Japão.

Com direção de Yoji Yamada.

2008

Okuribito (おくりびと) – A Partida. Esse filme é o único ganhador, sem ser em premiação de Oscar Honorário que o Japão já ganhou.

O filme conta um pouco sobre como são os processos de despedidas no Japão. É um ótimo filme para conhecer mais sobre a morte no país.

Com direção de Yōjirō Takita.

2018

Manbiki Kazoku (万引き家族) – Assunto de Família – é um dos últimos filmes japoneses que foi altamente aclamando pela crítica. Ele conta a história de uma família pobre e susa relação com as crianças.

Com direção de Hirokazu Kore-eda.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link