COVID-19 e Olimpíada de Tóquio: aumento de casos e japoneses se arriscando para torcer

Como já se sabia, em algum momento poderia dar problema na relação COVID-19 e Olimpíada de Tóquio. Afinal de contas, me tempo de pandemia, não se pode aglomerar e uma Olimpíada é um convite para uma aglomeração.

Assim, mesmo depois de meses de oposição, algumas pessoas se animaram com as Olimpíadas. Alguns fãs desafiam as autoridades para tentar animar atletas em vias públicas e outros até correm para tentar comprar algum item colecionável que ainda está a venda pelas lojas no país.

COVID-19 e Olimpíada de Tóquio

Com as conquistas de medalhas de ouro pelo Japão, muitas pessoas que antes eram contra a realização dos jogos começaram a se empolgar. Eles têm aparecido de qualquer maneira, determinados por um vislumbre da ação olímpica.

“Se você vir esses atletas correndo na sua frente, não pode deixar de torcer por eles”, disse Hirochika Takeda, de 42 anos, que saiu de seu apartamento para ver o triatlo feminino passando na chuva, como apurou o jornal Japan Today.

“Eu tinha dúvidas sobre a realização das Olimpíadas até a cerimônia de abertura”, disse o profissional de TI. “Mas uma vez que o esporte começou, comecei a sentir que talvez isso seja uma coisa boa.”

Os Jogos abriram na sexta-feira, com dezenas de milhares de atletas, funcionários e mídia chegando ao Japão de todo o mundo.

Por causa do vírus, as Olimpíadas estão ocorrendo sob um estado de emergência em Tóquio, o que significa que os fãs estão impedidos de sair dos locais e há uma alta ansiedade com o aumento das infecções.

Mas, quando a cerimônia de abertura aconteceu na sexta-feira, milhares de pessoas se aglomeraram ao redor do Estádio Olímpico para mergulhar na atmosfera e ver os fogos de artifício de fora, superando em muito em número um grupo de manifestantes antijogos.

E, aqueles em casa ficaram igualmente intrigados, com números de visualização mostrando mais de 50% das famílias em Tóquio assistindo à cerimônia ao vivo na TV.

Também houve um aumento na demanda por bugigangas de Tóquio 2020, de acordo com donos de lojas e organizadores.

Assim, lojas criadas especificamente para vender itens olímpicos de Tóquio que haviam fechado por falta de clientes estão agora reabrindo, disse ela.

Pode não ser coincidência que a mudança de ideia coincida com uma sequência de vitórias para atletas em casa.

Yuji Ishizaka, socióloga esportiva da Universidade Feminina de Nara, disse que os comentários pós-vitória de atletas japonesas podem estar ajudando a suavizar a oposição aos Jogos.

Uma pesquisa no jornal Nikkei publicada na segunda-feira descobriu que 31 por cento ainda acreditavam que os Jogos deveriam ter sido adiados ou cancelados, embora quase 70% apoiassem mantê-los de alguma forma.

Na terça-feira, Tóquio relatou um recorde de 2.848 novos casos diários de vírus. O número pode incluir casos que não foram relatados no fim de semana prolongado, mas as infecções já estavam aumentando.

Fonte: Japan Today.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link