Alugar vacas no Japão é um grande negócio, entenda o motivo

Sim, é isso mesmo alugar vacas no Japão se tornou um grande negócio. Além disso, essa prática tem sido ótima para manter bons índices para a agricultura do país. Mas, por que a alugar vacas no Japão tem sido importante?

Em uma tentativa de evitar que pragas danifiquem as culturas agrícolas e florestais, o bairro de Asaoi, na cidade de Shimonoseki, em Yamaguchi, a oeste do Japão, está permitindo que vacas pastam em terras aráveis desertas, onde cervos, javalis e outros animais normalmente se escondem.

O “sistema de pastagem do tipo Yamaguchi” já está em uso nas cidades da prefeitura de Yamaguchi, Shunan e Iwakuni, e espera-se que o método seja eficaz contra questões cada vez mais sérias em torno de animais selvagens e agricultura. Conheça mais aqui sobre esse aluguel e como ele age para ajudar na agricultura.

Alugar vacas no Japão

O sistema de pastagem, que é específico da Prefeitura de Yamaguchi, envolve deixar o gado pastar em arrozais e terras aráveis desertas cercadas por cercas elétricas.

Entre os benefícios esperados do esquema estão a eliminação de terras aráveis desertas, a economia de mão de obra no manejo da criação de animais e o serviço de uma medida de prevenção de pragas, permitindo que as vacas pastam enquanto criam boas vistas – um ambiente que dificulta a aproximação dos assentamentos humanos pelos animais selvagens.

Os danos às culturas agrícolas e florestais na prefeitura chegaram a cerca de 400 milhões de ienes (cerca de US$3,6 milhões ou cerca de R$ 19,2 milhões) no ano fiscal de 2020, com cerca de 40% dos danos na cidade de Shimonoseki.

No bairro de Asaoi, em particular, as culturas de arroz, trigo, pastagem e outros produtos sofreram danos de cerca de 2,5 milhões de ienes (cerca de US$22.700 ou cerca de R$ 122.000), e o problema está ficando mais sério.

 


Leia também:


Em fevereiro, o mesmo bairro montou um plano abrangente de contramedidas de animais pragas com o apoio do Governo da Província de Yamaguchi e do Governo Municipal de Shimonoseki. Juntamente com a instalação de cercas de proteção e a melhoria ambiental das florestas de base comunitária, as expectativas também são altas para o plano de pastagem no estilo Yamaguchi.

O bairro de Asaoi também está fazendo uso do “sistema de aluguel de vacas” do governo da prefeitura para pegá-los emprestados para fins de pastagem, e pegou emprestadas duas vacas negras japonesas do centro de tecnologia de tecnologia agrícola e florestal de Yamaguchi: Hatsumi, de 10 anos, e Nogiku, de 6 anos. No início de agosto, o par foi solto para pastar em 0,5 hectares de terra arável deserta cheia de ervas daninhas com cerca de 1,5 metros de altura.

Um membro da associação de moradores em Asaoi disse ao Mainichi Shimbun: “Gostaríamos que as duas vacas fizessem o seu melhor para impedir que esses lugares se tornassem esconderijos para cervos e javalis”.

Fonte: Mainichi.JP.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link