Por que os idosos no Japão estão cometendo mais crimes?

Os idosos no Japão estão cometendo mais crimes.

Os números não mentem: há uma tendência acontecendo no Japão de que o número de idosos que cometem crimes menores aumenta. Entre esses crimes, o principal é o furto em lojas.

Apresentamos aqui alguns dos motivos que podem ter levado a esse crescimento de acordo com o site Japan Info.

Idosos no Japão e os crimes

Como uma das maiores economias do mundo e um país que se orgulha de sua pequena lacuna de desigualdade de riqueza, os demógrafos acharam esse aumento constante no número de ladrões idosos de lojas bastante intrigante.

Para entender o que estava acontecendo, eles tiveram que olhar para as instituições do Japão para ver se havia alguma lacuna ou problema que os idosos poderiam enfrentar.

Um dos principais motivos para os idosos estarem cometendo esses crimes é para terem um lugar para morar.

A dolorosa constatação de que algumas pessoas idosas e pobres estão cometendo crimes para ter uma cama quentinha e comida no prato destaca um dos maiores problemas que o Japão enfrenta à medida que sua população continua envelhecendo.

Em 2026, 40% da população do Japão será composta por idosos, o que pode se tornar um fardo colossal para as instituições atuais, famílias e jovens trabalhadores.

As taxas alarmantes de suicídio entre os aposentados também mostram as dificuldades que os aposentados enfrentam.

Sempre há um sonho ou aspiração de como será a vida após a aposentadoria.

Afinal, a sociedade como um todo tende a se preparar meticulosamente para isso. No entanto, as coisas podem ser muito mais complicadas na realidade.

Pessoas mais velhas podem não conseguir viajar tanto quanto gostariam devido à idade, doenças repentinas de longo prazo podem acabar mudando todos os planos e a economia incapacitante pode cobrar seu tributo em contas de poupança e pensões. Encontrar esses muitos problemas e a dificuldade de se ajustar às mudanças contribuiu para o alto número de suicídios que vemos hoje.

Assim, as tendências recentes no número de idosos roubando em lojas é um verdadeiro esclarecimento sobre os problemas econômicos e sociais que o Japão está enfrentando.

É importante notar que o Japão está investindo em programas e instituições para aliviar os problemas do país em relação ao envelhecimento da população. No entanto, os efeitos de longo prazo dessas iniciativas e o que o futuro reserva continuam a ser desconhecidos.


Leia também:


Os idosos no Japão querem ser presos

O Japão tem um sistema judiciário muito difícil e os tribunais não permitem que os ladrões se safem tão facilmente.

Para desencorajar as pessoas a furtarem em lojas, os criminosos podem acabar enfrentando penas pesadas, mesmo por roubar o item mais barato em uma mercearia.

As sentenças não fazem muito sentido quando se considera o custo para os contribuintes, mas servem como um enorme impedimento; isto é, a menos que você queira ir para a cadeia. Infelizmente, isso é exatamente o que alguns idosos japoneses desejam.

O sistema de pensões do Japão não é suficiente para cobrir todos os custos de vida e, portanto, se os idosos não tivessem outra fonte de renda ou poupança, eles acabariam endividados fazendo coisas simples como pagar aluguel, gás, água, saúde e comida.

Para lidar com isso, algumas pessoas com mais de 60 anos encontraram uma solução simples. Ao cometer um pequeno crime como furto em uma loja, eles podem acabar na prisão, onde receberão três refeições por dia e assistência médica. Portanto, eles tiraram a sorte grande.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link