Filme Coringa poderá sofrer censura no Japão

O Coringa poderá sofrer censura no Japão após ataques ocorrerem em trens e responsáveis dizerem que foram influenciados pelo filme.

Os ataques e a censura no Japão de Coringa

No último Halloween, a atmosfera normalmente festiva de Tóquio escureceu quando um homem de 24 anos esfaqueou um passageiro aleatoriamente no peito e iniciou incêndios dentro dos carros. Na sequência, o agressor disse à polícia que pretendia matar para que ele próprio recebesse a pena de morte, acrescentando “Eu queria ser como o Coringa”.

Embora o vilão do Batman tenha aparecido em inúmeros livros, programas de TV e filmes, relatos dizem que o atacante estava se referindo especificamente ao papel vencedor do Oscar de Joaquin Phoenix no filme Coringa de 2019. Normalmente, filmes de grande bilheteria e premiados como esse estariam programados para aparecer na televisão aberta a essa altura.

No entanto, uma fonte da indústria de TV disse à Tokyo Sports que há uma boa chance de que ela seja “arquivada permanentemente” nas atuais circunstâncias.

A fonte destaca a cena em que o personagem de Phoenix mata três pessoas em um trem como o motivo.

Além do ataque de Halloween, houve uma série de incidentes recentes em trens no Japão, incluindo uma tentativa de incêndio criminoso em uma linha de Shinkansen em 8 de novembro e um ataque a outra linha de Shinkansen em 9 de novembro. Ainda no início deste ano, houve um esfaqueamento múltiplo em um trem em Tóquio em 6 de agosto.

Com toda a violência recente em trens, transmitir um filme com uma cena de assassinato em um trem já era arriscado, mas uma pessoa realmente vestida como o Coringa parecia ser o prego final no caixão.


Leia também


A reação online a uma possível censura no Japão

A reação online em grande parte se levantou em defesa do filme, e disse que os dedos deveriam ser apontados para os criminosos e para a atenção da mídia que eles recebem.

“O problema não é o filme.”

“Não culpe o filme pelo que as pessoas fazem.”

“Isso é como ceder ao terrorismo, não é?”

“Se fizermos isso, não poderemos fazer nenhum filme com medo de que alguém entenda mal os personagens.”

“Acho que a cobertura constante da mídia sobre o ataque é um problema maior do que alguns filmes.”

“O que a fonte quer dizer é que eles não conseguem patrocinadores para isso, então não vale a pena mostrar.”

“Ainda há muitas maneiras de ver isso de qualquer maneira, então não há problema.”

Como o último comentário aponta, este é apenas o caso da TV aberta e o Joker permanecerá disponível em serviços de vídeo e streaming no Japão. Ainda assim, filmes de longa-metragem televisionados são muito populares aqui, com a mostra semanal de filmes do horário nobre da Nippon TV, Friday Roadshow, permanecendo uma forte pedra angular cultural.

Curiosamente, todos os muitos comentários em defesa do filme pareciam ignorar a ironia de que a mensagem um tanto pesada de Joker sobre a importância do suporte adequado à saúde mental pode realmente torná-lo um filme mais valioso para ser exibido à luz dos eventos recentes.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link