A verdadeira história do Teru Teru Bozo, o amuleto japonês da chuva

Teru Teru Bozo é um dos maiores personagens da cultura japonesa. Muitas pessoas ao menos já ouviram falar dele, por mais que não saibam ao certo o seu significado.

Você já viu um boneco pendurado na janela de alguém no Japão? Você tem grandes chances de vê-los durante a estação das chuvas. Ou até mesmo em animes e mangás é possível ver um desses ilustrados quando está chovendo.

Crianças japonesas (e às vezes adultos também) penduram essas bonecas chamadas teru teru bozu como um amuleto para trazer bom tempo.

Mas, não ache que essa história é tão bonita assim. A origem do boneco remonta a momentos em que os monges tinham suas cabeças cortadas. Conheça aqui mais sobre essa história.

As origens aterrorizantes do Teru Teru Bozo

A palavra japonesa bozu é uma das palavras usadas para chamar os monges budistas. No passado, esperava-se que os monges também conseguissem invocar a chuva. A principal indústria do Japão costumava ser a agricultura e a chuva era crucial.

Em 800 d. C., o famoso monge japonês Kukai foi comandado pelo imperador em Shinsen-en, Kyoto, para criar chuva. Depois disso, mais de 20 monges realizaram esse ritual até 1300 d. C. Entre todos os monges que tentaram o ritual, Jinkai era conhecido como um especialista, até mesmo apelidado de “mestre da chuva”.

Por conta disso, existe até um mito de que um dragão vermelho apareceu enquanto criava chuva em Shinsen-en.

Porém, se um monge falhava em controlar a chuva, sua cabeça era decepada. A história diz que, no passado, as pessoas de uma aldeia sofriam com inundações devido às chuvas contínuas. Eles pediram a um monge que parasse a chuva, mas ele não teve sucesso. Sua cabeça foi então cortada por mentir. Os aldeões envolveram sua cabeça em um pano branco e penduraram para desejar bom tempo no dia seguinte!

Assim, ao saber dessa história muitas pessoas já não vêem o teru teru bozu da mesma forma… Mas, mesmo assim, temos que admitir que o boneco é muito bonitinho.


Leia também:


O costume de fazer um Teru Teru Bozo

Assim, imitar esse antigo costume japonês é simples. Primeiro, faça uma boneca simples de papel, tecido ou pano branco, como na imagem lá em cima dessa matéria.

Em seguida, pendure-o na janela onde as pessoas possam vê-lo. Não desenhe imediatamente um rosto nele! Somente se o sol estiver brilhando na manhã seguinte, desenhe um rosto nele para mostrar sua gratidão. Finalmente, solte seu boneco em um rio com algum sakê sagrado. Se o sol não estiver brilhando no dia seguinte, basta descartá-lo.

Fonte: Kotoro Media.

Como fazer um Teru Teru Bozo

A seguir, selecionamos um vídeo para você aprender a como fazer o seu boneco.

O vídeo pertence ao canal no Youtube, Nihon Today. Não deixe de fazer um com as crianças para se divertir enquanto chove.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link