Hatsuyume: o 1º sonho do ano para os japoneses significa muita coisa

No Japão, hatsuyume é literalmente o primeiro sonho que você tem depois de 31 de dezembro e diz-se que ele prevê sua fortuna para o próximo ano. Tradicionalmente, os sonhos de sorte envolvem o Monte Fuji, um falcão e uma berinjela, nessa ordem.

A combinação parece um pouco peculiar, mas cada elemento é um homônimo para palavras positivas em japonês. Monte Fuji é igual a “segurança”, um falcão é igual a “superior” e uma berinjela é um homônimo para “realização”. Outra teoria diz que essas coisas eram apenas as coisas favoritas do Shogun Tokugawa Ieyasu.

Assim, veja aqui mais sobre o significado do primeiro sonho do ano para os japoneses e como você pode tentar ter um bom sonho nessa época.

Hatsuyume

A tradição diz que para ter um bom hatsuyume, você precisa de uma foto das Sete Divindades da Boa Fortuna em seu navio carregada de tesouros, e colocá-la debaixo do seu travesseiro.

Enquanto no Ocidente, a maioria dos nossos “sonhos” no período de Ano Novo consiste em nossas resoluções rapidamente quebradas, os japoneses levam os sonhos muito mais a sério. O assunto hatsuyume, ou o primeiro sonho do ano novo, é tradicionalmente considerado um presságio de como o ano que se aproxima o receberá. Ver certas imagens ou temas em seus sonhos dois ou três dias após o Ano Novo é um sinal de que você terá sorte no futuro.

Então, quais sonhos são especialmente sortudos? Estranhamente, um dos mais fortuitos é a berinjela. À primeira vista, isso pode parecer um pouco estranho. Quem honestamente se lembra ou fica animado com os sonhos uma berinjela!?

Essa estranheza é explicada pelo amor dos japoneses pelos homófonos – palavras que possuem a mesma fonética apesar de terem outros significados. Afinal, este é um país onde as crianças devoram katsukare  (costeleta de porco ao curry) e Kit Kats na hora do exame simplesmente porque soam como a palavra japonesa para vencer (勝 つ – katsu). Esse amor por palavras que soam semelhantes também explica o mistério de os sonhos da berinjela terem sorte. A palavra japonesa para berinjela é nasu (ナ ス), que é semelhante às palavras “cumprir” ou “cumprir” (成 す -também nasu).

O amor sem fim dos homófonos pelos japoneses também explica um dos sonhos de sorte mais estranhos. Embora a maioria das crianças considere um sonho com um curandeiro careca um pouco assustador, é considerado um sonho de sorte excepcional. Uma das teorias sobre por que este sonho é considerado tão feliz é que as palavras para “sem cabelo” (ke ga nai 毛 が な い) soam idênticas a kega-nai (怪 我 な い), significando “estar livre de lesões”.


Leia também:


Hatsuyume e os sonhos ruins

Se alguma vez o seu sonho for ruim, os japoneses têm duas soluções. O primeiro é pragmático, seguindo a noção chamada “sakayume” (sonho falso): considere o seu pesadelo como algo que não vai acontecer na realidade.

O segundo é chamar uma anta para pedir ajuda. Diz-se que as antas são bestas sagradas que comem os sonhos dos humanos. Acreditava-se que as antas comiam pesadelos que poderiam acontecer. Então, você pode pedir a ajuda dele repetindo: “Eu dei meu pesadelo de ontem à noite para a anta”.

Fontes: Kokoro e Gaijin Pot.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link