Por que os japoneses ainda usam (e amam) as máquinas de fax?!

As máquinas de fax no Japão estão presentes em divrsos lugares e parece que não vão deixar de serem utilizadas tão rápido. Por mais que em diversos lugares do planeta a máquina de fax seja praticamente uma relíquia, o mesmo não acontece ali.

Em meio a tanta tecnologia que podemos encontrar no país, o fax parece ser algo perdido. Entretanto, na verdade, ele diz muito sobre a cultura e o respeito que existe entre os japoneses.

Conheça nesse artigo alguns dos motivos que fazem essas máquinas ainda sobreviverem por lá.

As máquinas de fax no Japão

A tecnologia do século XX ainda possui espaço no Japão. Não somente as máquinas de fax como até mesmo a insistência no uso de assinaturas não digitais pode ser visto como algo do século passado.

Em muitas situações burocráticas é preciso enviar um fax. Para muitos estrangeiros, obviamente, é algo extremamente estranho. Afinal de contas, todos já estamos adaptados ao uso das máquinas de scaner e também a fotografar os documentos. Porém, o Japão é um país apegado à burocracia em forma de papel.

Além disso, a permanência do uso do fax se deve a um certo respeito com os mais velhos. Manter essas máquinas é um jeito de fazer com que uma tecnologia que eles estão acostumados a usar continue em funcionamento. Ou seja, eles ainda terão a liberdade de resolver certas questões burocráticas mesmo sem ter o total domínio do uso das novas tecnologias.

Mas, o que espanta, é que para muitos jovens é praticamente impossível se desfazer das máquinas de fax. Há muita confiança nelas, enquanto que, os e-mails seriam mais passíveis de erros e invasões.


Leia também:


A insistência em continuar a usar as máquinas de fax no Japão

Taro Kono, então ministro do Japão encarregado da reforma administrativa, disse em abril de 2021 que planejava fazer com que os ministérios e agências governamentais em Kasumigaseki mudassem para o e-mail.

Afinal de contas, os aparelhos de fax são um “obstáculo” ao teletrabalho durante a pandemia, disse ele, especialmente quando alguns funcionários japoneses trabalham em casa, mas precisavam retornar aos seus escritórios para enviar e receber fax. Enquanto isso, o país lutava contra os picos de Covid-19 e uma implementação lenta da vacinação.

Mas funcionários do governo se uniram para defender ferozmente a máquina de fax, dizendo que seria “impossível” abolir, de acordo com Hokkaido Shimbun.

Eles alegaram que proibir faxes representaria um risco de segurança em suas comunicações e “ansiedade em relação ao ambiente de comunicação”, relatou o jornal local – apesar do fato de que a maior parte das principais indústrias em todo o mundo se comunicam por e-mail e mensagens criptografadas. 

Assim, parece que as máquinas de fax no Japão vão conseguir sobreviver à pandemia e ainda continuarão em uso por mais algum tempo.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link