Chinpira: jovens que querem ser da Yakuza e o que fazem para ser da máfia japonesa

A Yakuza é a principal máfia japonesa e, com certeza, uma das maiores do mundo inteiro. Muitas pessoas conhecem essa terrível gangue que está por todos os cantos do Japão e que se espalha pelo planeta.

Entretanto, você já deve também ter se perguntado como alguém entra para essa máfia?! O que as pessoas precisam fazer para provar que são leais e também que são sanguináreas aos moldes da Yakuza?

Veja aqui quem são os Chinpira, os jovens que querem ser da máfia japonesa e o que precisam fazer para entrar nela.

Quem são os chinpira, os jovens que querem ser Yakuza

Chinpira são jovens yakuzas em treinamento.

Espera-se que eles sejam treinados de acordo com os preceitos da máfia e que também sejam leais no decorrer de suas vidas.

Quando se anda pelas ruas do país, eles são fáceis de serem reconhecidos. Isso porque eles são jovens adultos no final da adolescência até os 20 anos com roupas escuras, cabelos com permanente ou penteados para trás e óculos escuros agindo como se fossem as pessoas mais duras e legais do mundo. As coisas não mudaram muito com o decorrer dos anos, e eles costumam a agir dessa maneira desde décadas atrás.

Normalmente eles fazem os trabalhoa mis baixos da Yakuza, como vender ingressos nas portas dos shows e também costumam a ficar cuidando dos negócios da máfia japonesa nos bairros vermelhos.


Leia também


O que os chinpira fazer na máfia japonesa

Além de fazer as atividades mais baixas, como cobrar as pessoas e cuidar de zonas da Yakuza, o chinpira também cometem os seus próprios crimes.

Um dos mais cruéis foi contra Junko Furuta. Na década de 1980, um grupo de jovens em treinamento na Yakuza sequestrou uma menina e a torturaram e estupraram por vários dias. Depois ainda a executaram e colocaram o seu corpo em concreto para que não fosse encontrada.

Esse crime ficou conhecido como o pior cometido por jovens no Japão pós-II Guerra Mundial.

Assim, se você encontrar com um desses rapazes em uma oportunidade que tiver de ir ao Japão, o melhor é nem mesmo olhar para eles. Evitar o confronto com esses jovens é a melhor coisa que você faz enquanto estiver passeando pelas ruas.

Cuidados para não confundir os jovens da máfia japonesa com outras gangues

É importante ressaltar ainda que nem todos os jovens infratores no Japão são da Yakuza. Muitos deles também podem pertencer a outras gangues. Apesar de hoje em dia as gangues de jovens serem bem menores no Japão, é importante saber que elas já existiram aos montes.

Entre elas havia os os Yanki que na verdade são mais jovens estudantes rebeldes com cabelos estilo Elvis Presley. Os Yanki foram mais famosos na década de 1980.

Além disso, também é importante não confundir os chinpira com Bosozoku, que são basicamente gangues de motociclistas.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link