“Piada de tio” no Japão é levada a sério e atrasa voo em 50 minutos

Uma piada de tio no Japão foi levada ao pé da letra e causou transtorno para inúmeras pessoas. Quem nunca escutou uma piada de tio, como a do “pavê ou para comê”?!

Entretanto, ela não está restrita a uma atitude somente dos brasileiros, mas também dos japoneses. Entretanto, a paciência e o senso de humor dos japoneses podem não ser tão flexíveis como no Brasil.

E isso ficou evidente em um voo que teve de ser atrasado por uma simples piada.

Piada de tio no Japão prejudica inúmeras pessoas

Em qualquer lugar do planeta, uma piada de tio é sempre a que algumas pessoas vão virar a cara por conta de vergonha alheia.

E saiba que existem muitas pessoas, independente de sua idade e gênero, sempre haverá uma pessoa que fará uma piada tão sem graça que qualquer uma que estiver ao lado se sentirá desconfortável.

Assim, por exemplo, na manhã de 19 de maio, um homem de 75 anos estava embarcando em um voo da cidade de Sendai, na província de Miyagi, para a cidade de Naha, na província de Okinawa. Provavelmente, ele pretendia aproveitar as belas praias de Okinawa durante o verão no Japão.

Entretanto, um comissário de bordo perguntou se o homem precisava de ajuda para colocar sua bagagem de mão no compartimento superior, e ele disse que sim, mas ao entregar a bolsa disse que “há uma bomba dentro”.

Embora essa seja uma piada clássica de mau gosto que com certeza vou soltar no próximo aniversário do meu filho, é importante saber que há um tempo e um lugar para tudo.


Leia também:


A suspensão do voo por conta de uma piada de tio no Japão

Um voo comercial, é claro, não era um desses lugares para realizar uma piada como essa. Assim, a tripulação suspendeu imediatamente todas as atividades para realizar uma inspeção de segurança que atrasou a decolagem em 50 minutos. De acordo com a Polícia da Província de Miyagi, um oficial foi até o avião quando o aeroporto relatou o distúrbio. No entanto, o oficial foi impedido pela tripulação de embarcar no avião.

Depois que o capitão considerou a aeronave segura para voar, ela finalmente decolou com todos os cerca de 100 passageiros a bordo, incluindo o estilo cômico do homem idoso. A companhia aérea também nunca apresentou queixa contra ele, mas a polícia foi menos branda e em 19 de julho o acusou de violação da Lei de Crimes Menores por interferir maliciosamente no trabalho de outros.

Assim, ele acabou admitido o crime, afirmando que era apenas um turista normal que “fez uma piada”. Diga-se de passagem, uma piada muito sem graça.

Além disso, é importante que ele enfrente suas ações na justiça. Afinal de conta, esse é um problema que acontece em todo o mundo. Serve como um lembrete de que todos devemos manter nossas piadas ruins com nós mesmos.

Fonte: Sora News.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link