Expectativa de vida no Japão cai pela 1ª vez em mais de uma década

De acordo com o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar, a expectativa de vida no Japão em 2021 caiu pela primeira vez em uma década.

Em 2021, a expectativa de vida foi de 87,57 anos para mulheres e 81,47 anos para homens. Em comparação com os recordes alcançados em 2020, caiu 0,14 anos para as mulheres e 0,09 anos para os homens. 

Assim, essa foi a primeira vez em uma década, após o Grande Terremoto do Leste do Japão em 2011, que a expectativa de vida média diminuiu em relação ao ano anterior para homens e mulheres.

Até 2020 houve novos recordes por nove anos consecutivos para homens e oito anos consecutivos para mulheres. Mas, o que será que levou a essa queda? 

Afinal de contas, não podemos simplesmente culpar a pandemia, pois, em 2020, a expectativa de vida aumentou no país. E, em 2020, não havia nem mesmo vacina sendo largamente aplicada a todas as pessoas.

As mulheres japonesas tiveram a maior expectativa média de vida em 2020, enquanto os homens tiveram a segunda maior expectativa média de vida, ambos atingindo recordes.

Dessa maneira, confira maiores detalhes sobre a queda da expectativa de vida no Japão.

Queda da expectativa de vida no Japão

Para se ter um parâmetro, a expectativa de vida no Brasil é de 76,8, em uma média geral. Assim, podemos perceber que, por mais que a expectativa de vida no Japão tenha caído, ainda está longe de chegar aos níveis do Brasil.

Agora, vejamos o que fez a expectativa de vida dos japoneses ter essa queda.

Em 2021, o COVID-19 reduziu a expectativa de vida em 0,07 anos para mulheres e 0,10 anos para homens. Este foi um impacto muito maior do que 2020, quando esses números foram de 0,02 anos e 0,03 anos, respectivamente. No entanto, para doenças como câncer e pneumonia, as mudanças ano a ano na expectativa de vida média mostram uma tendência positiva, então acredita-se que as pessoas continuarão a viver mais.

Apesar da queda, o Japão continua em primeiro lugar em termos de expectativa de vida para as mulheres, seguido pela Coreia do Sul com 86,5 anos e Cingapura com 85,9 anos, segundo o ministério.

O Japão ficou em terceiro lugar para os homens no ranking liderado pela Suíça, cujos homens têm uma expectativa de vida média de 81,6 anos e a Noruega com 81,59 anos.


Leia também:


Os efeitos da pandemia na expectativa de vida no Japão

O número de pacientes com coronavírus no Japão aumentou em 2021, o segundo ano da pandemia, impulsionado pelas variantes Delta e Omicron altamente contagiosas. Cerca de 16.000 pessoas morreram do vírus naquele ano, segundo cálculo do ministério.

De acordo com o Ministério da Saúde do Japão, por mais que em 2020 a expectativa de vida tenha aumentado, ela possui um forte impacto no índice.

Logo, não é possível desmerecê-la, mesmo com as outras doenças, a COVID ainda vitimou muitas pessoas em 2021.

Agora, cabe ao governo tomar as devidas medidas para que a expectativa de vida volte a crescer no país.

Receba GRÁTIS notícias do Japão