Shiritori: jogo de palavras simples, educativo e divertido

Vocês já brincaram de shiritori  (しりとり)? Saiba que ele é um jogo de palavras japonês extremamente popular entre crianças e estudantes da língua japonesa.

Trata-se de uma brincadeira bastante tradicional e simples. Ele não requer nenhum equipamento e pode ser jogado a qualquer hora e em qualquer lugar. Tudo o que você precisa é de pelo menos dois jogadores e um pouco de conhecimento da língua japonesa.

shiritori
(Crédito: kosotatu)

O nome do jogo “shiritori” é derivado da frase “shiri o toru” (尻 を 取 る) que significa algo como “tirar a parte traseira” – basicamente, o que é feito no jogo. Se você nunca teve a oportunidade de aventurar-se nesta brincadeira, tenha calma. Neste post, iremos contar um pouco sobre as suas regras.

O que é shiritori?

shiritori
(Crédito Divulgação)

Shiritori é um jogo em que os participantes se revezam para dizer palavras em japonês. Cada jogador deve falar uma palavra que comece com a última letra (kana – termo geral para as escritas silábicas japonesas hiragana e katakana) do termo dito pelo jogador anterior.

Ficou confuso? Confira o exemplo a seguir:

Jogador 1: さく(sakura)
Jogador 2:  (rajio – rádio)
Jogador 3: にぎ (onigiri)
Jogador 1: りす (risu – esquilo)
Jogador 2:  (sumou)
Jogador 3:  (udon)  ← FIM DE JOGO!

O jogo termina se um jogador escolhe uma palavra que termina com o kana N (ん), porque não existe nenhum termo que começe com esta letra.

Regras básicas

  • Duas ou mais pessoas se revezam para jogar.
  • São só permitidos substantivos.
  • Um jogador que fala uma palavra que termine com a letra N (), perde o jogo.
  • As palavras não podem ser repetidas.

Existem várias regras opcionais e avançadas que devem ser combinadas antes do início do jogo.

Leia também:

Regras opcionais

  • Dakuten (coloquialmente chamado de “ten ten“) e handakuten (coloquialmente chamado de “maru“) podem ser ignorados ou adicionados. Assim suupu (スープ – sopa) pode ser seguido por furo (ふろ – banho) e tomato (トマト – tomate) pode ser seguido por dochi (どろぼう – ladrão).
  • Uma vogal longa pode ser ignorada ou considerada como uma vogal. Exemplo: Mikisaa (ミキサ ー / みきさあ – betoneira) pode ser seguido por sakura (さくら) ou aki (あき – outono).
  • Pronomes comuns e nomes de lugares podem ser permitidos. Exemplo: Edo jou (えどじょう), ou seja, Castelo Edo, é aceitável neste caso.
  • Duas palavras soletradas com as mesmas sílabas, porém, com o kanji diferente podem ser permitidas. Por exemplo, su () pode ser soletrado como “巣” (ninho de pássaro) ou “酢” (vinagre).
  • Não utilizar palavras que consistem em apenas um kana, como (ki – árvore) e  (ka, mosquito).
  • Quando uma palavra termina em um pequeno kana, como a palavra じてんしゃ (jitensha – bicicleta) pode ser utilizado o (ya) ou しゃ (sha) para a formação da nova palavra.
shiritori
(Crédito: Divulgação)

Regras avançadas

Se quiser acrescentar mais dificuldade ao jogo, há algumas possibilidades:

  • As palavras são limitadas a um determinado gênero. Exemplos: só legumes ou só animais.
  • Em vez de usar apenas o último kana, as duas últimas sílabas finais devem ser usadas novamente. Neste caso, somente o primeiro kana não pode ser o .
  • O comprimento de uma palavra deve ser de três ou mais sílabas.

Ficou curioso para saber como essa brincadeira funciona na prática? Dê uma olhada no vídeo a seguir:

Para que está aprendendo a língua japonesa, o shiritori é um ótimo jogo para praticar o seu vocabulário. Então, reúna o seus amigos e divirta-se! Mas, caso não tenha companhia, você pode baixar facilmente um jogo em seu celular. Basta procurar por “shiritori” na loja de aplicativos.

Fonte: Japan Times e Wikipedia
Imagem destacada: whistlingpastdixie

shiritori

Comentários

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link