A comida da delegacia no Japão vai te surpreender!

Assim como em outros lugares do planeta, a delegacia no Japão sempre desperta muita curiosidade. E, em umas dessas delegacias, mais especificamente em Fukuoka, há um restaurante.

Nesse restaurante é possível experimentar a comida que está disponível aos policiais, além de comer no próprio refeitório da delegacia.

O site Sora News mandou alguns de seus repórteres para experimentarem as delícias que existem por ali. Com certeza elas vão te deixar com água na boca!

A comida da delegacia no Japão

Depois de ouvir falar sobre isso no boca a boca, o repórter de língua japonesa Masanuki Sunakoma saiu para visitar a sede da polícia da província em Fukuoka, onde ouviu que eles serviam um katsudon. Não é um fato conhecido, mas o refeitório é realmente aberto ao público, e tudo que você precisa fazer para experimentá-lo é perguntar na recepção e assinar com seu nome e número de telefone.

Em seguida, você receberá um crachá de entrada que o direciona para o refeitório no nível do porão do edifício.

Depois de descer as escadas, Masanuki foi saudado por uma exibição das refeições do refeitório em oferta. Havia opções como soba, udon, curry e macarrão disponíveis, mas Masanuki viera aqui para uma coisa: katsudon.

Dando uma olhada na entrada da área de jantar, ele viu que o lugar estava funcionando com um sistema de vale-refeição, então foi até a máquina e fez sua escolha.

Tudo ali era super barato, com o katsudon sendo na verdade um dos itens mais caros do menu, por 510 ienes (cerca de R$28,00).


Leia também


A saborosa comida da delegacia no Japão

Depois de pegar seu vale-refeição na máquina, Masanuki entrou na sala de jantar e descobriu que o tinha completamente para si. Embora estivesse vazio, era estranhamente emocionante, enquanto as imagens dos dramas policiais da TV dançavam em sua cabeça, fazendo-o pensar em toda a ação de resolução de crimes possivelmente acontecendo nos andares acima dele.

Após uma curta espera de cinco minutos, o katsudon de Masanuki foi entregue, e ele não podia acreditar no tamanho dele.

Ele não pediu uma porção extragrande, mas esta era definitivamente uma porção extragrande. Era tão grande que se ele estivesse em uma das salas de interrogatório da sede, ele pediria ao oficial de interrogatório para compartilhar com ele.

Ainda assim, ele não estava reclamando da ótima relação custo-benefício aqui, e quando deu uma mordida, descobriu que era incrivelmente delicioso. Claro que pode parecer, e provavelmente ter gosto, de qualquer bom katsudon, mas o que realmente elevou o sabor para Masanuki foi o local onde ele o estava comendo.

Nada é melhor do que comer katsudon em uma delegacia de polícia como um policial.

Vivendo seus sonhos de ser um policial a cada mordida, Masanuki não demorou muito para terminar a refeição inteira, junto com a sopa de missô também.

De acordo com a equipe da delegacia, as pessoas sob custódia que estão sendo interrogadas não podem se dar ao luxo de katsudon ou qualquer outra refeição do refeitório. O que é uma sorte para Masanuki, já que essa informação deve ser suficiente para mantê-lo no lado certo da lei.

Fonte: Sora News.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link