Conheça o macarrão japonês low carb e de poucas calorias que faz sucesso nas dietas de famosos

O macarrão Shirataki, também conhecido como macarrão konjac ou macarrão com inhame, é um macarrão japonês feito de farinha konjac (farinha de inhame) e usado com frequência na culinária japonesa.

O macarrão Shirataki é longo, fino e translúcido na cor branca (ou marrom); uma aparência que lhes valeu o nome de ‘shirataki’, que em japonês significa ‘cachoeira branca’. Os shirataki são normalmente vendidos em pacotes lacrados com um líquido semelhante a uma salmoura que precisa ser drenado e lavado antes do macarrão ser usado.

Por ser um macarrão de baixa caloria, ele tem feito sucesso por ajudar no emagrecimento e por ser um ótimo substituto ao macarrão de farinha de trigo que possui muitas calorias. Entre a lista de famosos que já consumiram e emagreceram está Cleo Pires e Nigella.

O macarrão japonês shirataki

O macarrão Shirataki tem sido usado na culinária japonesa há séculos. Uma característica definidora do shirataki é que ele é uma substância de enchimento que absorve os sabores dos alimentos que o rodeiam, ao mesmo tempo que oferece muito pouco sabor próprio.

Como tal, é mais comumente usado para aumentar a massa e dar textura contrastante a sopas, saladas, panelas quentes nabe e outros lanches e refeições com baixo teor de carboidratos. Mais recentemente, principalmente nos países ocidentais, o macarrão shirataki começou a ser usado como substituto do espaguete, udon e outros tipos de macarrão comprido e fino, em uma ampla variedade de pratos.

O macarrão Shirataki é definitivamente um excelente produto para a maioria das pessoas, especialmente porque não contém glúten ou soja, mas pode ser um pouco estranho para alguns. Os japoneses têm comido macarrão shirataki há gerações sem nenhum problema, mas às vezes essas diferenças culturais simplesmente não se traduzem.


Leia também:


O macarrão japonês shirataki e o emagrecimento

O macarrão Shirataki não contém calorias ou carboidratos; um fato que lhes rendeu os nomes alternativos de ‘macarrão zero’, ‘macarrão de baixa caloria’, ‘macarrão com baixo teor de carboidratos’ e ‘macarrão saudável’. Isso, combinado com seu alto teor de fibras, está fazendo com que o shirataki ganhe popularidade rapidamente nos países ocidentais, especialmente entre os que se preocupam com a saúde.

Experimente alguns noodles shirataki e veja como seu corpo os processa. Muito provavelmente, você notará algumas pequenas mudanças, mas isso provavelmente ocorre apenas porque o macarrão shirataki contém muita fibra e realmente mudará seu sistema digestivo. Provavelmente, você não tem ingerido fibra suficiente e o macarrão shirataki está, na verdade, apenas fazendo maravilhas pelo seu sistema.

Obviamente que, para emagrecer, é preciso que o macarrão seja acompanhado de um molho que não seja muito calórico ou gorduroso. Afinal de contas, esse é um macarrão para ajudar no emagrecimento e não significa que somente ele fará alguém emagrecer sem ser acompanhado de uma mudança de hábitos.

Fonte: Japan Centre e Japan Food Stlyle.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link