Rainha Himiko: a rainha feiticeira do Japão (e do Tomb Raider)

A Rainha Himiko do Japão é uma figura histórica e controversa que aparece em antigos registros chineses, é tida como feiticeira além de figurar em jogos eletrônicos.

Conheça a Rainha Himiko a única e provável rainha do Japão, possível precursora das tradições Miko, envolta em muitos mistérios e suposições acerca de sua existência.

Quem foi a Rainha Himiko

A Rainha Himiko (卑弥呼) foi uma obscura governante xamanista do Japão dos anos 189-248.

De acordo com registros históricos, ela era solteira e tinha 1000 ajudantes femininos e apenas um servo masculino.

Himiko, no jogo Okami

Ela é uma figura histórica controversa porque não se encaixa nas histórias japonesas tradicionais, como a de que o Japão teve 125 Imperadores que datam de 660 aC.

Os primeiros imperadores japoneses são geralmente considerados lendários.

A Rainha Himiko aparece em registros chineses de seu tempo e o Japão não possui registros de sua história escritos até o século VIII.

Registros Chineses

Os registros chineses são breves, mas mencionam que ela governou 100 tribos após um longo período de guerra. Ela morava em um palácio bem guardado e raramente apareceu para o seu povo, mas manteve um rigoroso sistema de lei e ordem.

Pouco se sabe sobre a Rainha Himiko, levando a muitas teorias estranhas sobre sua vida e seu legado. Há muitas hipóteses de que ela pode estar ligada a outras figuras históricas.

Texto de Wei Zhi

Inicialmente as histórias da dinastia chinesa registram em crônica, relações tributárias entre a Rainha Himiko e o reino de Cao Wei (220-265) e relata que o povo do Período Yayoi a escolheram como governante após décadas de guerra contra os reis de Wa.

Estudiosos debatem acerca de sua real identidade e a localização de seu domínio, o Yamatai, com opiniões divididas entre o norte de Kyushu ou a tradicional Província de Yamato atual Kansai.

Mapa do Japão – Província de Yamato em destaque

Como ela impressionou seu povo com feitos de magia, muitos se perguntam se ela pode estar relacionada com as tradições Miko que ainda são muito presentes nos santuários xintos do Japão.

Miko

Miko (巫女) significa literalmente “Noiva de santuário” e é um termo japonês que no tempo ancestral significava “xamã feminina, médium, profeta e sacerdotisa” que transmitiam oráculos divinos e serviam a santuários xintos.

Miko em apresentação no santuário

Tomb Raider

Lendária ou real, o fato é que a Rainha Himiko aparece como antagonista no enredo do jogo eletrônico Tomb Raider (versão 2013), onde Lara Croft e os tripulantes do navio Endurance se perdem em Yamatai, uma ilha no Triângulo do Dragão chinês.

De acordo com o enredo do jogo, Yamatai fora envolvida pelas tempestades dos poderes xamânicos de Himiko, que não acabariam até que a rainha fosse destruída e sua alma não fosse para mais nenhum novo corpo pré-escolhido (no caso, a amiga de Lara, Samantha Nishimura), ela também aparece em Kamen Rider Ghost como um de seus poderes secundários.

Será lenda ou realidade a existência da Rainha Himiko?

 

Comentários

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link