Imperador Akihito e Imperatriz Michiko celebram 60 anos de casamento

O Imperador Akihito (85 anos) e a Imperatriz Michiko (86 anos) se conheceram em 1957. Juntos, afrontaram os costumes tradicionais, revolucionaram e celebraram 60 anos de união.

Akihito e Michiko

O Imperador Akihito e a Imperatriz Michiko se conheceram em uma partida de tênis em um resort em Karizawa e dois anos depois desse encontro casaram.

Partida de tênis Michiko e Akihito

Casamento Akihito e Michiko

Casamento Michiko e Akihito

Foi no dia 10 de abril de 1959 que eles casaram depois de muitos pedidos recusados de Akihito. A cerimônia foi feita a portas fechadas.

Porém, o passeio no carro (do palácio imperial até o palácio Togu) foi transmitido ao vivo pelas ruas de Tokyo.

Casamento real Michiko e Akihito

Além disso, foi assistido por 15 milhões de pessoas. Para ter ideia, os aparelhos de televisão eram uma novidade no Japão. Por isso, muita gente comprou uma apenas para assistir esse momento histórico.

Polêmicas

Foto família real japonesa

Católica e plebeia

A primeira polêmica foi a educação religiosa católica de Michiko e uma disruptura por ela ser cidadã e não da família real.

Antes, eram 1,500 anos de tradição ininterrruptas em que as pessoas da família real apenas casavam com a realeza e a aristocracia. Além disso, o casal escolheu criar seus filhos e ter um contato próximo com a população japonesa.

Optou por cuidar e amamentar seus filhos

Antes, os filhos de Imperadores eram deixados aos cuidados de babás da família real. A responsabilidade em ser o próximo a ocupar o trono crisântemo era grande.

 

Akihito, Michiko e Naruhito
Akihito, Michiko e Naruhito

Família unida

Michiko amamentou seus filhos e os criou junto com o Imperador Akihito em paralelo ao trabalho com a família real. Além disso, dividiam o mesmo teto e isso causou muitas críticas.

Michiko e Naruhito
Michiko e Naruhito

Enfrentou repressão dos membros tradicionalistas quando o casamento foi anunciado, em especial de sua sogra, a Imperatriz Nagako que não aprovava a união e era conhecida por maltratar Michiko.

Apesar disso, Michiko era conhecida por ser pé no chão, graciosa e gentil. Enfrentou todas as críticas com discrição.

Confiança e gratidão

Michiko e Akihito

Sempre juntos, escolheram casar por amor e a Imperatriz desempenhou um papel importante na Era Heisei. O Heika Akihito declarou ao Washington Post que sentiu um elo de confiança logo no início.

Akihito e Michiko

Além disso, afirmou ser eternamente grato por Michiko ter aceitado deixar de ser uma cidadã comum, juntar-se a ele e ter se dedicado a família imperial e ao povo com devoção.

Akihito e Michiko

O Imperador estava muito emocionado. Juntos, eles visitaram 47 prefeituras pelo menos duas vezes e foram até mais de 36 países.

Imperatriz Michiko

A Imperatriz Michiko foi a primeira cidadã (era da família Shoda) a se casar com um membro da família real. Apesar disso, sua família era rica e com conexões, isso a fazia circular e conhecer a realeza japonesa.

Seu pai era um produtor de farinha e macarrão mais rico da Ásia e os integrantes de sua família eram bem sucedidos no meio empresarial e acadêmico.

Ela nasceu em 20 de outubro de 1934 em Tokyo. Estudou inglês na Universidade Sacred Hearts. Foi presidente do conselho estudantil e oradora de sua sala.

Além disso, também se graduou na Seishin Women’s University. Além de tocar piano, escreve poesia, pratica o ikebana e a cerimônia do chá.

Michiko com Naruhito em seus braçoc
Michiko com Naruhito recém nascido

Ela foi amada pelo povo por ter representado o elo entre as pessoas comuns e a família real. A Imperatriz deu a luz ao príncipe Naruhito um ano após ter casado.

Leia também

Conheça mais sobre a princesa Masako, que virará Imperatriz do Japão em 2019 

Conheça Naruhito, o príncipe herdeiro do Japão e próximo Imperador 

Saiba como é um típico dia na vida do imperador japonês

Críticas a Michiko

Seu comportamento foi taxado de inapropriado muitas vezes e por conta do estresse teve um colapso nervoso em 1963 e por consequência um aborto.

Era atacada constantemente pela mídia e pelos nacionalistas por ser católica e seu marido ser o líder da religião Shinto e Imperador do Japão.

Em outubro de 1993, no dia de seu aniversário de 59 anos ela teve um outro colapso. Acabou perdendo a habilidade de falar por meses. Naquela época, os jornais japoneses a atacavam com artigos regularmente.

No entanto, após esse episódio, as críticas na mídia pararam e houve represália do povo contra esses periódicos e houve uma crise forte em revistas e jornais.

Desde esse incidente, a Imperatriz Michiko teve paz e se dedicou aos compromissos da família real com empenho. Akihito e Michiko tiveram três filhos. O príncipe Naruhito, príncipe Fumihito e a princesa Sayako.

Ela e o Heika Akihito ainda jogam tênis juntos e caminham todos os dias pela manhã no jardim do palácio.

Michiko e Akihito jogando tênis

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Comentários

Copy link