Kit japonês para cultivar shitake em casa! [com fotos!]

Esse kit japonês para cultivar shitake em casa é uma ótima oportunidade para ter esse saboroso cogumelo quando quiser!

Além disso, ele pode ser plantado até mesmo em pequenos apartamentos. Esta é mais uma das invenções dos japoneses que facilitam a vida e também faz com que tenham uma diversão mesmo em uma casa pequena.

Veja aqui como funciona esse kit de shitake e como ele funciona.

Kit para plantar shitake

Esse cultivo é uma grande possibilidade para muitas pessoas conseguirem ter esse ingrediente sempre que quiserem. A atividade mais difícil que você terá de fazer será manter sempre a caixa onde estão os shitakes úmida. Fora isso, não há qualquer outra complicação e nem ficará mais difícil de você fazer o cultivo.

Logo na abertura do kit já pode-se ver de onde os shitakes brotarão, que parece com um tronco de árvore velho. Mas não desanime, dali realmente sairão os cogumelos.

A primeira coisa a se fazer é retirar o bloco da embalagem em lavá-lo.

Em seguida, basta colar no recipiente de cultivo, isso também vem junto com o kit.

Esse plástico em que estão os futuro cogumelos precisa ser mantido úmido. Afinal de contas, a umidade é fundamental para que eles brotem. Dessa maneira, o mais indicado é ter um spray ou um borrifador de água para que ele nunca fique seco.

Assim, basta borrifar um pouco de água duas vezes ao dia.

Como afirmou a matéria da Sora News, os shitakes demoram aproximadamente uns 3 dias para começaram a aparecer. E, a partir desse momento, eles só aumentarão.

Em seguida, basta fazer a colheita, selecione aqueles que já estão crescidos, lembrando que nem todos os cogumelos possuem o mesmo tamanho. É necessário fazer uma observação para saber quais já estão mais maduros e não irão crescer mais.

Depois, é só fazer as receitas com o ingrediente e se deliciar com esse famoso cogumelo japonês.


Leia também:


shitake na culinária japonesa

Este cogumelo é muito utilizado na culinária japonesa, ele pode ser tanto um enfeite como também um dos ingredientes principais de um prato.

Sendo assim, é utilizado de diversas maneiras, tanto em entradas, como em sopas e até mesmo para ser base de um caldo.

Um dos usos mais comuns do shitake na culinária japonesa está nas sopas de missô, o famoso missoushiro. Ele também é muito comum nos bentos, ou seja, as marmitas japonesas.

Além disso, esse simples ingrediente possui ótimos valores nutricionais, como baixa caloria, rico em proteínas e vitaminas. Por conta disso, sempre está entre os favoritos dos japoneses juntamente com outros cogumelos, como o shimeji, também muito apreciado pelos brasileiros.

Entretanto, vale ressaltar que mesmo sendo um super alimento, muitas pessoas possuem alergia a esse cogumelo. Por isso, sempre tenha atenção antes de consumi-lo e em caso de qualquer reação, é fundamental procurar um médico imediatamente.

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link