O que fazer se você for parado pela polícia no Japão?

Este é um guia prático sobre o que você deve fazer se for parado pela polícia do Japão, precedido de alguns conselhos de bom senso para evitar quaisquer problemas antes que eles ocorram.

Antes de chegar

Um conselho para quem chega do exterior: antes de viajar para o Japão, faça uma pesquisa.

Leia online, visite o site de sua embaixada no Japão e leia seus avisos de viagens. Aqui, eles postarão informações e atualizações relevantes sobre tudo, desde previsões meteorológicas, desastres naturais, relatórios de crimes pertinentes e listas de produtos proibidos que você pode embalar inadvertidamente.

Compre um seguro viagem, pois segundo a Embaixada Britânica de Tóquio, isso é o número um em sua lista – e se aplica a visitantes de todos os países. Se ocorrer um acidente, hospitais e clínicas japonesas não aceitam seguro médico estrangeiro.

Para evitar aborrecimentos, antes de passar pela alfândega japonesa, descubra também quais medicamentos de seu país podem ser ilegais no Japão.

Se precisar de um medicamento específico, certifique-se de trazer a receita com você, e não traga mais do que um suprimento para 30 dias.

A polícia do Japão tem todo direito de pará-lo e pedir para ver a sua identidade. Você, pode sua vez, tem o direito de perguntar o motivo de estar sendo interrompido. É melhor fazer a pergunta educadamente e, em seguida, atender ao pedido quando eles lhe contarem o motivo.

Eles anotarão as informações do seu cartão de registro ou passaporte, e muito provavelmente você seguirá o seu caminho.

 


Leia mais:

Cataratas de Shiraito: experimente as cachoeiras sagradas abaixo do Monte Fuji

Confira os 5 melhores macarrões instantâneos do Japão!

Conheça a cidade de Miyazaki


Antes de sair para passear

Certifique-se de ter a identificação adequada com você quando sair para passar dia fora. Você será solicitado se for parado pelas autoridades. Para os turistas, isso significa andar com seu passaporte o tempo todo.

Caso esteja sem, pode resultar em um grande constrangimento e detenção pela polícia do Japão, além de uma multa de até 200.000 ienes.

Além disso, carregue o nome e informações de contato de suas acomodações. Isso não é apenas para dar aos oficiais, mas pode ajudá-lo a voltar em segurança, pois os motoristas de táxi ou as pessoas que pedir informações podem não falar inglês.

Se você for parado

É possível que você seja detido apenas por ser estrangeiro? Absolutamente.

Existe algum motivo para eu estar preocupado com isso? Eu diria que não.

Em geral, especialmente em eventos esportivos internacionais, a polícia é destacada para ajudar o público em geral, manter a paz e procurar qualquer coisa suspeita ou desconhecida.

Eles poderão fazer perguntas sobre de onde você é, o que está fazendo no Japão e para onde vai. Ninguém vai atirar em você por causa da cor da sua pele ou de sua origem. Os policiais do Japão raramente estão armados.

No entanto, caso você decida agravar a situação, a percepção de agravamento no Japão é bastante diferente do Ocidente. Aqui, mesmo levantar a voz pode pode ser interpretado pela polícia japonesa como descumprimento ou obstrução. Sem movimentos repentinos, sem surpresas… ninguém vai para a cadeia.

Caso seja detido

Uma nota rápida se a situação piorar e você for detido. É importante saber que no Japão você não consegue fazer uma ligação. Por convenção bilateral (nem todos os assinaram), se você estiver detido pela polícia do Japão, eles informarão o departamento consular de sua embaixada sobre a sua prisão.

Para evitar isso, use o bom senso.

“Porque acho que basicamente todo mundo sabe das coisas que são ilegais certo?” diz Emma Hickinbotham, chefe de mídia, comunicação e marketing da Embaixada Britânica. “Que você não deve contrabandear drogas, roubar coisas… isso é universal. São mais as nuances das diferenças culturais. Se você não entender nada do que eles estão dizendo, então você pode responder e se estiver falando muito alto, eles podem interpretar isso como agressão. Então, é realmente uma tentativa de impedir qualquer um desses tipos de mal-entendidos que acontecem, onde as pessoas podem acabar se metendo em problemas por coisas muito pequenas que são simplesmente evitáveis.”

Para colocar isso em perspectiva, enquanto muitas pessoas de todas as nacionalidades dão detidas diariamente no Japão, o número de estrangeiros presos é significativamente pequeno.

 

Fonte: japantoday.com

Receba GRÁTIS notícias do Japão
Copy link